Zootecnia promove primeira prova de ganho em peso a pasto da Unemat
Fullbanner1

Fullbanner2


Zootecnia promove primeira prova de ganho em peso a pasto da Unemat

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

Professores do curso de Zootecnia da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), câmpus de Pontes e Lacerda, estão promovendo a primeira edição da Prova de Ganho de Peso a Pasto (PGP) da Universidade. A iniciativa faz parte do projeto de pesquisa e extensão: Avaliação do desempenho de bovinos da raça Nelore. Oito fazendas do município e região participam da prova que terá início no dia 31 de agosto. Na manhã de ontem (22.06) foi realizada a primeira pesagem para a etapa de adaptação dos 37 animais inscritos. Participam da prova bezerros nascidos entre o dia 26 de julho a 24 de outubro de 2016.

A PGP consiste em submeter animais machos puros de origem (PO), portadores de Registro Genealógico de Nascimento (RGN) e com variação de idade de no máximo noventa dias, a um mesmo manejo e regime alimentar durante o período de prova. O objetivo é a avaliação de desempenho nas características de ganho em peso, peso final, biotipo mais adequado à produção de carne além da avaliação da carcaça por meio do uso de ultrassom.

Durante a prova haverão três pesagens intermediárias, e no dia 12 de abril de 2018, após os 294 dias de prova, será realizada a pesagem final mais a avaliação visual. Os animais receberão classificações de Elite, Superior, Regular e Inferior. Para os classificados como Elite ou Superior serão emitidos certificados de participação na PGP, com informações de identificação e de desempenho. Os 30 animais melhores classificados seguirão para fase de confinamento ou semi confinamento até a data da Expoeste que será realizada em agosto de 2018.

Durante o período de realização da prova, nas pastagens pertencentes ao câmpus da Unemat, os animais receberão assistência veterinária do médico veterinário e professor do curso de Zootecnia, Gregory Duarte Juffo, que é doutor em Ciências Veterinária.

De acordo com o professor da Unemat e doutor em Zootecnia, Edson Júnior Heitor de Paula, a finalidade da prova é testar e disponibilizar ao mercado, tourinhos com alto desempenho produtivo e com biótipo adequado a produção de carne; identificar entre os participantes aqueles de melhor desempenho no ganho em peso, no peso final e melhor conformação de carcaça a uma idade padronizada; servir como um instrumento de seleção entre rebanhos, através do processo de avaliação posterior da fase de desmame; auxiliar nas avaliações e testes de progênies de reprodutores, principalmente daqueles que não dispõem de informações anteriores em testes de desempenho individual e possibilitar as avaliações de mudanças genéticas ocorridas nas populações envolvidas nas características selecionadas, através do acúmulo das informações zootécnicas.

Já a finalidade do evento que envolve a Universidade, pesquisa, extensão e produtores pecuaristas é transferir conhecimento e tecnologia na área de Zootecnia, mais especificamente em melhoramento genético animal, explicou Edson Júnior.

O evento conta com o apoio do Sindicato Rural de Pontes e Lacerda e da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e patrocínio da Arojo, DSM, Tortuga e Boehringer Ingelheim. 

Montreal