Zaeli explica o porquê da antecipação de eleição da nova mesa ser...
Supermoveis

show


Zaeli explica o porquê da antecipação de eleição da nova mesa ser positiva

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
NMT TV entrevista Rodrigo da Zaeli. Foto: Reprodução.

O atual presidente da Câmara de Vereadores de Rondonópolis, Rodrigo da Zaeli (PSDB), defendeu a ideia de antecipação da mesa diretora e ressaltou que dois fatores justificam bem a alteração: o ano eleitoral e a transição mais eficaz. Segundo previsto no regimento interno da Casa de Leis, o pleito interno teria de ocorrer em 20 de dezembro de 2018, mas passou já para o próximo 18 de dezembro de 2017, após a aprovação de um projeto de resolução, nesta semana, de maneira a definir desde agora os vereadores que assumirão a gestão legislativa a partir de janeiro de 2019.

Zaeli, que seguirá até o fim de 2018 no comando administrativo do parlamento municipal, ressaltou ao NMT que a decisão foi amplamente democrática e teve apoio da maioria dos componentes da Câmara, o que por si só já a valida. Além disso, afirma que vai abrir as portas para o novo presidente previamente conhecido em todo o ano que vem de maneira a facilitar a transição e permitir que este já assuma, em janeiro de 2019, interagido dos principais andamentos em vigência, bem como das necessidades.

O grande temor do grupo que se levantou pró-antecipação seria o uso da eleição da presidência na Casa como algum tipo de moeda de troca ou qualquer outro tipo de “contaminação partidária”, por meio de lideranças, no pleito nacional que ocorrerá anteriormente, em outubro, e que definirá deputados estaduais, federais, senadores, governador e presidente da República. No próximo dia 18, caso nenhuma grande mudança ocorra, Cláudio da Farmácia (PMDB) deve ter a confirmação de Roni Magnani (PP) como seu vice-presidente, já que voltará o PMDB para a chefia. Os outros membros da mesa também já serão conhecidos.

Juray Miranda (SD) até ensaiou uma articulação para tentar abocanhar a chefia da mesa, mas não decolou.