VOLUNTARIADO- Ações do Dia C – Dia de Cooperar levaram momentos de...
Fullbanner1


Macropel

VOLUNTARIADO- Ações do Dia C – Dia de Cooperar levaram momentos de carinho e atenção para crianças e idosos

Fonte:
SHARE

Assessoria

Humanizar esta foi a palavra que motivou os 120 voluntários no Dia C – ‘Dia de Cooperar”, realizado em Rondonópolis no último sábado (18).

A iniciativa é uma das maiores campanhas de voluntariado realizada pelo sistema cooperativista nacional. O evento chamou a atenção da população para a prática do cooperativismo, importante agente no desenvolvimento da sociedade.

Em Rondonópolis foram três ações simultâneas realizadas pelos colaboradores voluntários da Sicredi Sul MT. No Lar dos Idosos Paul Percy Harris, fundado há 30 anos e que abriga 70 pessoas, recebeu materiais de higiene e alimentos. Para a coordenadora do Lar dos Idosos, Flávia Lemos, toda a ajuda e visitas são bem vindas, pois suprem a falta do convívio familiar.

“Os idosos se sentem mais acolhidos e lembrados. Esse é um dia especial para nós do Lar e muito esperado, porque os moradores gostam muito de pessoas que vem dar um pouco de carinho e atenção”, afirmou a coordenadora.

No bairro Jardim das Flores, os voluntários proporcionaram um dia de lazer para as cerca de 120 crianças atendidas pelo Projeto Crianças Saudáveis Filhos de Noé. As crianças tiveram uma manhã com direito a muita pipoca e cachorro quente, além de brincadeiras com palhaço e a visita do boneco Poupedi.

O projeto Filhos de Noé existe desde 1990 e oferece duas refeições gratuitas para crianças do bairro, que é mantido por meio do trabalho voluntário das senhoras Maria Vieira e Andréia Carla, e também por doações da comunidade. “É uma grande alegria receber os voluntários do Sicredi pelo segundo ano consecutivo. E queremos agradecê-los por esses momentos de felicidade”, ressaltou Andréia Carla.

Outro local visitado pelos voluntários do Dia C foi a Casa Abrigo Rotativo de Rondonópolis. Os moradores receberam brinquedos, alimentos e uma festa com direito a bolo, cachorro quente e refrigerante e além de muito carinho. A casa abriga crianças e adolescentes que necessitam de medidas de proteção, e que tenham sido vitimas de negligência, maus tratos e violência sexual.

Segundo a diretora da casa, Dinamar Ferreira da Cunha, a casa é mantida com recursos da Prefeitura Municipal de Rondonópolis e as crianças recebem refeições, roupas, tratamento médico, psicológico e participam de atividades educacionais e culturais. “Ficamos muito felizes pelo gesto de boa vontade dos voluntários. Além do carinho e atenção que os visitantes ofereceram às nossas crianças”, disse Cunha.

Em Rondonópolis é a terceira vez que o projeto é realizado pela Sicredi Sul MT. Para o presidente da cooperativa na região sul de Mato Grosso, Marco Túlio Soares, a cooperativa nasce para ajudar uma comunidade em várias atividades econômicas. O cooperativismo nada mais é que uma associação de pessoas unidas a fim de cooperar umas com as outras, visando a solução de problemas socioeconômicos.

“O Sistema Sicredi encampou esse dia para mostrar que devemos fazer a diferença e humanizar a nossa comunidade”, destacou o presidente.

Montreal