Vereadores se reúnem com Intermat para cobrar regularização de área
VendaMais

Vereadores se reúnem com Intermat para cobrar regularização de área

SHARE
Reunião na Intermat. /Foto Assessoria

Por Assessoria

Os vereadores Adonias Fernandes (PMDB) e Claudio da Farmácia (PMDB) estiveram reunidos com o deputado Ondonir Bortolini, Nininho (PR) e com a presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Irtermat), Luciana Bezerra, para cobrar a regularização de uma área localizada no Distrito Industrial de Rondonópolis. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira (24), em Cuiabá.

Cerca de 50 empresários estão instalados nessa área com 19m² desde 2010, quando o prefeito da época, José Carlos do Pátio (SD), teria loteado o local para tirar os comércios que tinham em frente a Archer Daniels Midland (ADM) e passar para este terreno.

Só que a área, localizada entre o Parque Universitário e Jardim Ana Carla, não pertencia ao munícipio e sim ao Estado, e com isso os empresários não conseguem fazer a regularização do seu comércio. O vereador Adonias Fernandes explicou que desde o ano passado que está nessa luta tentando conseguir a legalização dessa área.

“Sem essa regularização, os empresários não podem emitir nota fiscal, não conseguem alvará. Por isso pedidos ao deputado Nininho para marcar uma audiência com a presidente da Intermat, que foi positiva em relação ao nosso pedido”, conta.

De acordo com Adonias, durante a reunião, se chegou a um consenso de que a melhor saída para o problema seria o Estado doar a área ao Município e com isso fosse incorporado ao Distrito que já existe e que já havia sido doada pelo governo estadual em outra época. “O deputado Nininho fez o compromisso de fazer um projeto de lei passado a área para o município”, afirma.

Após esse processo, o município é quem ficará responsável em fazer a legalização fundiária. A regularização de outros bairros também foi discutida no encontro. Participaram da reunião junto com os vereadores, o empresário Adriano Nunes, o líder comunitário César Augusto e Sérgio Rodolfo.

 

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO