Vereadores participam de reunião com empresários do Distrito Razia
Adventista



Vereadores participam de reunião com empresários do Distrito Razia

Fonte:
SHARE

Os vereadores Rodrigo da Zaeli (PSDB) e Beto do Amendoim (PSL) participaram, na tarde desta quinta-feira (23), de uma reunião com comissão de empresários do Distrito Razia, a fim de encontrar uma solução para o problema enfrentado pelos que trabalham nas empresas alocadas no distrito e que utilizam a Avenida Bonifácio Sachetti. Por lá, o acesso a via está precário e, por este motivo, preocupando os motoristas, que temem acidentes.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Milton Mutum, estava na reunião e explicou que a Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis – Coder já tentou intervir e realizar obras no local, mas foi impedida pela empresa que possui a concessão. “A Coder já tentou arrumar este acesso, existe até um projeto para a construção de uma via paralela à BR e na lateral do 18º GAC que proporcionaria ao motorista entrar por ela e seguir para o distrito, evitando que o mesmo passe pelo Trevão. Se a empresa não pedir a retirada das máquinas, como da outra vez, nós assumimos esta obra. Nosso objetivo é resolver o problema”, explicou Mutum.

reuniao razia II

O Diretor Executivo da Associação dos Transportadores de Cargas do Mato Grosso – ATC, Miguel Mendes, entrou em contato com os donos da concessionária responsável pela via e a intervenção do município foi autorizada. “Se o problema era este, foi resolvido. Quando a prefeitura quiser, pode começar as obras. Os donos da empresa vão legalizar o procedimento e aí já pode iniciar as obras aqui na avenida”.

O vereador e presidente da Câmara de Vereadores, Rodrigo da Zaeli, colocou a Câmara de Rondonópolis à disposição para, caso preciso, ajude na realização de uma reunião entre a comissão e o prefeito ou, até mesmo, na elaboração do projeto da obra. “Podemos ir até o diretor presidente da Coder para trabalharmos neste projeto que, em minha opinião, deve ser de uma rotatória na saída, tornando a via de mão única. Daí melhora-se o acesso na entrada e faz um redutor no início da via, para diminuir a velocidade dos que estiverem trafegando neste trecho”.

Milton Mutum disse que as obras devem ser iniciadas o quanto antes e que estas vão solucionar o problema de acesso no distrito. “Vou falar com o diretor da Coder para agendar uma data para o início das obras, pois a situação está perigosa e precisa ser resolvida com urgência”, concluiu o secretário.