Vereador pede desculpa por mandar professora mudar de profissão se quiser ganhar...
Supermoveis

Fullbanner2


Vereador pede desculpa por mandar professora mudar de profissão se quiser ganhar mais

Fonte:
SHARE
Foto: Internet/RDNews

O vereador por Barra do Garças, Weliton Andrade, o Mandioquinha (PMDB), utilizou as redes sociais no final de semana para se desculpar com os professores do município pelo comentário em áudio pelo WhatsApp no qual aconselha uma professora a estudar para ter uma salário compatível com um juiz, promotor, deputado federal, ou entrar na política e ganhar como um vereador.

Mandioquinha esteve no centro de polêmica na sexta (22), ao participar de uma discussão com integrantes de um grupo do WhatsApp.  Quando confrontado pela professora Cláudia Regina Rodrigues Ferreira, que desafiou o vereador a provar que a prefeitura pagava o piso salarial nacional aos professores, ele deu a resposta orientando Cláudia a estudar um pouco mais se não estava satisfeita com o salário, pois, assim poderia ganhar o equivalente a um juiz que recebe em torno de R$ 70 mil, promotor com vencimento de R$ 54 mil, deputado federal, R$ 26 mil, ou vereador de Barra do Garças com salário de R$ 8 mil.

A fala de Mandioquinha gerou uma série de críticas por parte de vários segmentos, que condenaram a forma como ele se expressou, e pediram retratação da sua parte.

Em postagem de vídeo, o vereador reconhece que se excedeu nas palavras e pede desculpas aos profissionais da Educação. “Eu Realmente me excedi e só me resta pedir desculpas aos professores e também a Cláudia, mas no calor da discussão eu fiz um comparativo indevido”, ressaltou.

O vereador, que está em Cuiabá acompanhando o pai que passa por tratamento de saúde, disse que pretende usar os meios de comunicação de Barra do Garças para novo pedido de desculpas e também a tribuna da Câmara quando o Legislativo retornar do recesso, a partir do dia 1ª de fevereiro.

 

Fonte: RDNews

Montreal