Vereador critica repasse público de R$ 1 milhão para Expoverde
Fullbanner1



Vereador critica repasse público de R$ 1 milhão para Expoverde

Fonte: Da Redação
SHARE
Policial Militar, Solivan tem se destacado no início de mandato com críticas corajosas

Prefeito e presidente do Sindicato Rural já se reuniram nos últimos dias para falar sobre a Expoverde 2017
Prefeito e presidente do Sindicato Rural já se reuniram nos últimos dias para falar sobre a Expoverde 2017

Diante os preparativos iniciais para a 18ª Feira Comercial e Agropecuária de Campo Verde – Expoverde – o vereador Solivan Fonseca (PP) criticou em suas redes sociais, nesta semana, a postura do prefeito Fábio Schroeter (PSB) que teria avalizado ao presidente do Sindicato Rural, Gladir Tomazelli, em reunião no último dia 17, o repasse de R$ 1 milhão, segundo o parlamentar, para a realização que ocorrerá na cidade entre os dias 12 e 15 de julho no Parque de Exposição Marco Antônio Esteves da Rocha.

Na visão do vereador, necessidades existentes em setores prioritários para a sociedade deveriam fazer com que o prefeito da cidade vetasse o envio de verba para o evento. “Eu, às vezes, não entendo ainda algumas coisas: como o gestor pode gastar o dinheiro público em tantos absurdos e deixar prioridades como saúde, educação, e etc.. (Não estou falando que não está sendo feito algo, estou falando do que não está sendo feito). Digo aqui com as palavras do contribuínte, você que paga um absurdo no Alvará, IPTU e etc. aí você vê a saúde em dificuldades, a educação tanto a ser feito e tantas outras prioridades. Agora não posso concordar com tudo”, postou.

Mais a frente no texto que expôs em sua página no Facebook, o vereador alfinetou o Sindicato, já que o dinheiro que pega da Prefeitura não faz com que a agremiação conceda, sequer, a entrada gratuita da população no evento. “Você concorda que o Poder Público Municipal pague a festa da Expoverde com o seu dinheiro, com o nosso dinheiro e ainda depois vá cobrar de você a entrada (passaporte) caríssimo? Estou ouvindo falar que o gestor vai repassar ao Sindicato R$ 1.000.000, 00 (um milhão de reais) dos nossos impostos e depois ainda vão cobrar a sua entrada na expoverde. Minha sugestão: Expoverde paga com o dinheiro público tem que ter os portões abertos”, cravou.

Ainda sem atrações artísticas definidas, a Expoverde tem por tradição trazer os maiores nomes atuais do sertanejo. Em 2016, vieram, por exemplo, João Neto e Frederico, Bruno e Marrone, além de Michel Teló.