Urnas eletrônicas apresentam falhas de segurança e expõem vulnerabilidade
Fullbanner1


Macropel

Urnas eletrônicas apresentam falhas de segurança e expõem vulnerabilidade

Fonte: Da Redação com Estadão
SHARE
Foto - Marcelo Camargo/Agência Brasil

No relatório do Teste Público de Segurança 2017 do sistema eletrônico de votação, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou ontem (1), ter identificado falhas que permitiram o acesso, por parte dos investigadores que fizeram o teste, a três pontos importantes da urna eletrônica que será usada nas eleições de 2018. Segundo o tribunal, as falhas estão sendo corrigidas e não há riscos quanto à votação de 2018. O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, chegou a classificar o ocorrido com a palavra “vulnerabilidade”.

O problema não ocorreu na eleição passada porque teria sigo gerado apenas após uma atualização de sistema, segundo o Tribunal. Os investigadores chamados pelo TSE para testarem a urna descobriram a chave de acesso ao sistema de arquivo do equipamento, o que permitiu ter acesso ao log (espécie de caixa preta), e ao registro digital de votação.

Presidente do TSE, Gilmar Mendes, chamou erro de vulnerabilidade, mas foi corrigido por técnicos. Foto – José Cruz/Agência Brasil

Apesar da forte classificação dada por Mendes ao erro, o coordenador de sistemas eleitorais do TSE, José de Melo Cruz, preferiu chamar de outra forma: “Foram três achados, mas não vulnerabilidades”. Melo Cruz disse que os “achados” serão rapidamente corrigidos e explicou que ainda não é possível dar o detalhamento completo do teste porque não há conclusão.

Ele garantiu que não há chance de a falha ter acontecido em eleições anteriores, porque tem relação com uma nova atualização na urna. “A falha específica encontrada foi colocada no nosso processo de atualização do sistema. Essa atualização é necessária de ser feita, é difícil de ser feita, para que o software esteja acompanhando as mais novas formas de sistema operacional. Esse trabalho é árduo e está em andamento, mas não é nada impossível de ser conseguido”, disse.

Montreal