Único time de Mato Grosso na série B é rebaixado
Fullbanner1


Macropel

Único time de Mato Grosso na série B é rebaixado

Fonte: Da Redação com SoNotícias
SHARE
O atacante Rafael Silva, do time de Mato Grosso, teve as melhores chances do time, mas não conseguiu concluir em gol. Foto - Reprodução

Para os amantes do futebol em Mato Grosso que iniciaram o ano com o sonho de ver um time do estado na elite do futebol nacional em 2018, o ano de 2017 acaba melancólico com o Luverdense, único mato-grossense na série B, rebaixado para a Série C do campeonato brasileiro. O time mato-grossense que mais se destacou no futebol nacional nos últimos anos empatou com o Guarani, em 0 a 0, em Campinas, na noite de ontem (17) e dessa forma não tem como mais sair da zona de rebaixamento até o fim da competição.

O Luverdense tinha que vencer para ir a 43 pontos e ficar com mesma pontuação do time paulista, deixando a decisão para a rodada final quando, teoricamente, levaria vantagem ao enfrentar o rebaixado Náutico e o Guarani enfrentará o Internacional, em Porto Alegre. Agora, com o empate, o Guarani fica com 44 pontos e o Luverdense com 41. Por mais que ganhe e o time paulista perca, nos critérios de desempate o mato-grossense ficará atrás na tabela.

O jogo contra o Guarani acabou sendo um retrato do que foi o desempenho do time em todo campeonato. Frágil na defesa, o Luverdense passou perto, em várias oportunidades, de tomar o gol no primeiro tempo. Aos 32 minutos, o time de Lucas teve ótima chance, mas acabou não concluindo em gol. De primeira, Rafael Silva pegou em cheio um belo chute, mas a bola foi para fora.

No início do segundo tempo, Baggio achou Rafael Silva que finalizou e acertou a trave, deixando a equipe novamente no “quase”. O time mato-grossense passou a ter mais entrosamento e subiu de produção. Aos 38, Sergio Mota chutou forte, no cantinho, o goleiro do Guarani se esticou e defendeu. O gol não saía, os jogadores passaram a ficar mais nervosos e Erik levou vermelho, aos 42, deixando o Luverdense com 10.

No final da partida, os jogadores ficaram mais nervosos, erraram várias jogadas e, aos 44, após uma falta para o Luverdense não ter sido marcada, houve confusão, empurra-empurra e a partida ficou interrompida. No retorno, Marcos Aurelio levou vermelho e o Luverdense ficou com 9 em campo.

O Guarani se fechou ainda mais e administrou o resultado que lhe garantia na divisão de acesso.

Montreal