Unegro divulga programação da Semana da Consciência Negra em Rondonópolis
Supermoveis


Macropel

Unegro divulga programação da Semana da Consciência Negra em Rondonópolis

Fonte: Assessoria
SHARE
Foto ilustrativa com a modelo Nyakim Gatwech.

A coordenação da União de Negros e Negras pela Igualdade (Unegro Pantanal Rondonópolis) já finalizou os detalhes da programação da Semana da Consciência Negra no município. As atividades vão ser desenvolvidas no período de 20 a 26 de novembro, sendo iniciada com a realização do segundo Seminário de Formação da Unegro, tendo como local a Câmara de Vereadores.

A semana é celebrada para reverenciar a trajetória do líder negro Zumbi dos Palmares, maior símbolo de resistência contra a escravização de seu povo. Sua morte ocorreu em 20 de novembro de 1695 – 193 anos antes da Lei Aurea – e a data foi instituída como sendo o Dia da Consciência Negra.

Censos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que cerca de 60% da população brasileira é formada por pessoas da raça negra. Só que este percentual ainda figura nos piores indicadores da dignidade humana e ocupa 75% da camada mais pobre da população, ganhando apenas a metade da renda dos brancos. “Infelizmente, os números e a situação mostram que o povo negro ainda é escravizado, em pleno século 21”, afirma Luzia Aparecida do Nascimento, presidente da Unegro.

Programação

A Semana da Consciência Negra em Rondonópolis terá sua abertura no dia 20 de novembro às 8h30, seguida do Seminário da Unegro que abordará dois temas, sendo um no período da manhã e outro à tarde.  A primeira palestra seguida de debate será com os professores Ronivalter Souza (PMR) e Antonio Luiz (UFMT), com o tema “a luta contra o racismo e a defesa da democracia”. A coordenação será da professora Claudia Nascimento.

Ainda na parte da manhã acontece a Roda de Conversa com o mesmo tema, com coordenação de Ronivalter Souza e tendo como debatedores o vereador Adonias Fernandes (PMDB), o professor Antonio Luiz e a mestranda Francyslene Periara Neves.

Na parte da tarde do dia 20 acontece a segunda Mesa Redonda, a partir das 14h, com o tema “as religiões de matriz africana: o combate a intolerância e ao racismo religioso”, com coordenação de Rosana Brito. Os palestrantes serão a jornalista Justina Fernandes Fiori e do advogado Tales Passos. Em seguida, roda de conversa com a participação de ialorixás e babalorixás convidados.

Ainda no dia 20, a partir das 21h, acontece o concurso para escolha da Beleza Negra 2017, tendo como local a praça da Vila Operária.

Outro grande evento da programação é o segundo Baile da Unegro, que acontece no dia 24 de novembro (sexta-feira) e vai homenagear personalidades da raça pelo seu destaque na vida e na sociedade. O local será o clube do Sispmur, no início da Rodovia do Peixe.

No dia 25, haverá o bazar beneficente da Unegro, em local a ser definido. No domingo (26), o dia será de oficinas de Artes Cultura Negra, tendo como local o Casario. Haverá oficina de preparação de tranças e amarração de turbantes (Maria Creonice); de maquiagem (Maria Abadia); e oficina de capoeira com o mestre Carivaldo.

Além destas atividades, a direção da Unegro Pantanal Rondonópolis está organizando uma Feira de livros, com doação, troca e venda, no Centro Cultural Casario. Nos dias 20, 25 e 26, a intenção é fazer nas escolas mostra itinerante de livros sobre relações étnico-raciais.

A Unegro pretende ainda percorrer escolas do município no período de 21 a 24 de novembro para promover palestras sobre as raízes históricas e as tradições da Cultura Afro-Brasileira. A entidade convidou e conta com a participação dos membros do Conselho Municipal para a Igualdade Racial (Compir) e do Movimento Negro de Rondonópolis.

Montreal