Tucanos insistem em vaga para Senado e podem ter arco de aliança...
Adventista

Fullbanner1


Tucanos insistem em vaga para Senado e podem ter arco de aliança reduzido em 2018

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Marcus Mesquita/Midia News

O grande arco de aliança de 2014, que levou o então senador Pedro Taques (PSDB) à chefia do Executivo Estadual, deve ser reduzido, em 2018, ao seguimento da aliança com o PSD e uma união com partidos de menor expressão. Isto porque, os tucanos insistem em ter, além da provável candidatura de reeleição de Taques, uma vaga para disputarem de maneira forte também o Senado Federal. O maior ativista dessa ideia é o deputado federal, Nilson Leitão. Com bom reduto eleitoral no norte do estado, Leitão já tem trabalho o projeto de tentar mudar-se para o alto parlamento há alguns anos e vê agora a grande possibilidade para isso. Ocorre que uma possível exigência do PSDB de abocanhar duas vagas na majoritária, ou seja, Governo do Estado e Senado, afugenta outros grandes partidos que também possuem nomes com boas condições de entrarem nesse páreo. Se der certo, obviamente que os tucanos ganham e muito com isso, mas levando-se em conta que eleição majoritária requer apoio de grupo, o tiro pode acabar saindo pela culatra. Dentro da própria sigla, outra liderança também vem falando grosso sobre o Senado e ameaçando o próprio Leitão: o prefeito de Cáceres e empresário, Francis Maris