Thiago Muniz defende destinação de verbas legislativas para a Santa Casa
Supermoveis

Fullbanner2


Thiago Muniz defende destinação de verbas legislativas para a Santa Casa

Fonte: Thiago Mattar
SHARE
FOTO: ARQUIVO

Com dificuldades financeiras, a Santa Casa de Rondonópolis permanece em greve há mais de uma semana, deixando de oferecer serviços ambulatoriais e realizar cirurgias de média e alta complexidade.

A situação da saúde municipal é atualmente uma das questões mais discutidas entre os representantes do legislativo de Rondonópolis. Entre os que buscam uma solução para o problema está o vereador Thiago Muniz (PPS). Em entrevista concedida ao portal NMT, o vereador mostrou-se preocupado com a suspensão dos atendimentos na Santa Casa.

“O hospital está passando por uma situação muito delicada, já parou vários serviços e vários médicos pediram demissão. Uma situação gravíssima. Conseguimos, mediante esforços, vários novos serviços para a Santa Casa, e não podemos aceitar que eles parem de funcionar”, declarou.

Thiago Muniz explica que, na tentativa de sanar parte do déficit da Santa Casa, pretende apresentar novamente um projeto de lei proposto pelo ex-vereador Carlos Vanzeli, que propunha que a sobra do duodécimo da Câmara fosse investido na área de saúde. À época, o projeto foi aprovado pela Câmara e depois vetado pelo executivo.

Em termos legais, a sobra dos R$ 23 milhões, que representam o duodécimo da Câmara de Rondonópolis repassado anualmente pelo executivo, deve ser redirecionada ao próprio executivo, ficando para o prefeito a responsabilidade pela aplicação adequada da verba.

“Estou estudando apresentar novamente este projeto juntamente com outros vereadores para que os recursos sejam revertidos em investimentos para a Santa Casa, num compromisso moral firmado entre esta casa e a Prefeitura de Rondonópolis”, disse Muniz.

Montreal