Testemunhas desmentem versão de B.O. e de major sobre tiroteio em show
Fullbanner1


Macropel

Testemunhas desmentem versão de B.O. e de major sobre tiroteio em show

Fonte: Da Redação
SHARE
Catsmob.com - The coolest pics on the net!

A versão apresentada pelo major da Polícia Militar – PM, Roosevelth Oliveira Escolástico, de 38 anos, e replicada pelo Boletim de Ocorrência que registrou o tiroteio em meio ao Festival Rebouças, que teve a presença de Gusttavo Lima, no Parque de Exposição Wilmar Peres de Farias, em Rondonópolis, ontem (3), é questionada por diversas testemunhas que estavam no evento e garantem não ter visto  briga generalizada alguma, mas sim um desentendimento pessoal entre Escolástico e o soldado da PM, Raimundo Henrique Leal dos Santos, de 22 anos, ambos a paisana e armados de maneira ilegal no local. Segundo a legislação que rege o porte de arma, Lei Federal 10826 (Porte de Arma), como não estavam a trabalho, os dois não poderiam estar portando suas pistolas em ambiente de grande aglomeração e com possível uso de álcool, muito menos terem sacado e desferido tiros um contra o outro com tanta gente nas proximidades. Uma falha grotesca da organização, mas também uma ilegalidade tanto do oficial como do soldado, que resultaram no fim da apresentação artística, no risco e no “prejuízo” de quem comprou ingresso. Apenas Raimundo, no entanto, foi detido até o momento. Escolástico, conforme matéria já publicada pelo NMT, já se envolveu em outro tiroteio em espaço público, que resultou na morte de um jovem, em Nova Xavantina.

 

Montreal

23 COMENTÁRIOS

  1. Tá errado a lei da uma lidinha lá matéria tendenciosa… Não sei quem está certo não mais pode porta tranquilamente não pode beber.

  2. Onde está escrito na Lei Federal 10826 que “POLÍCIAS” que não estão de serviço não podem entrar armado em lugares com grande aglomeração? No artigo 34 da referida lei cita “pessoas” evitar que pessoas entrem armadas! Na mesma lei está escrito que é proibido o porte de armas de fogo, salve alguns critérios que é permitido! Não entendi o porquê colocar isso pois está errado!

  3. Gostaria de saber, se o autor da reportagem puder citar, qual o artigo que proíbe os i regrantes das instituições previstas no artigo. 144 da constituição federal de portar arma de fogo em ambiente com grande aglomeração de pessoas e possível consumo de álcool??

  4. Este major não é o.mesmo envolvido ou investigado no caso da morte de Renan Luna em nova Xavantina onde populares também contestam seu depoimento ?

    • Ele já é reincidente é aqui da minha cidade.. foi transferido recentemente para Rondonópolis. E o homicídio ao qual ele se envolveu ainda não foi esclarecido .. tem que parar pessoas assim

  5. A legislação permite o uso de arma por policial militar. Não há restrição em razão do uso de álcool, até porque se tornaria um alvo fácil, tendo em vista a falta de controle de armas ilegais e a atividade policial. Por outro giro, isso não afasta a responsabilização pelo mau uso de suas prerrogativas. Este major já é acusado de homicídio no município de Nova Xavantina.

  6. Ele já é reincidente é aqui da minha cidade.. foi transferido recentemente para Rondonópolis. E o homicídio ao qual ele se envolveu ainda não foi esclarecido .. tem que parar pessoas assim

  7. Nos termos da lei federal 10.826 de 22 de Dezembro de 2003 e do Decreto federal N° 5.123 de 1 de julho de 2004 garante o porte de arma ao policial militar paisana em quaisquer locais sob fiscalização da polícia militar, que eu saiba um show desse tipo quem fiscaliza é a PM… então jornalistas voltem para a faculdade ao invés de sair falando asneiras por aí

  8. O policial militar tem porte de arma em todo o território nacional, não tem nada de ilegal um policial militar estar com sua arma em um ambiente de show ou qualquer outro lugar, oque fala nessa matéria que deve ter sido feita pelas cochas, está equivocada

  9. No mínimo estranho só o soldado ser conduzido, o correto seria conduzir ambas as partes! Ou só porque é major não foi conduzido???, achei que houve prevaricação nessa ocorrência! Até pq esse major já se envolveu em uma situação parecida onde custou a vida de um jovem.

  10. O desinformado do jornalista que escreveu essa matéria tem que estudar melhor as leis vigentes sobre o porte de armas. O policial estando ou não de serviço tem livre porte de armas em qualquer local ou ambiente sujeito a fiscalização da justiça. Mas isso não exime os policiais do erro que cometeram tem que apurados os fatos rigorosamente e punir. Mas estuda mais antes de escrever bobagens.

  11. Só pq é major pode ir em festas apaisana, bêbado portanto arma e sair atirando. Já matou um inocente em Nova Xavantina, agora por sorte não matou ninguém em Rondonopolis. Estão esperando o que mais para tirar a farda desse bandido? Acho que quando ele matar o filho de alguém importante né?

  12. Lá diz para quem possui o porte ter bom senso, também diz:

    Art. 26. O titular de porte de arma de fogo para defesa pessoal concedido nos termos do art. 10 da Lei nº 10.826, de 2003, não poderá conduzi-la ostensivamente ou com ela adentrar ou permanecer em locais públicos, tais como igrejas, escolas, estádios desportivos, clubes, agências bancárias ou outros locais onde haja aglomeração de pessoas em virtude de eventos de qualquer natureza. (Redação dada pelo Decreto nº 6.715, de 2008)

    § 1º A inobservância do disposto neste artigo implicará na cassação do Porte de Arma de Fogo e na apreensão da arma, pela autoridade competente, que adotará as medidas legais pertinentes.

    § 2º Aplica-se o disposto no §1º deste artigo, quando o titular do Porte de Arma de Fogo esteja portando o armamento em estado de embriaguez ou sob o efeito de drogas ou medicamentos que provoquem alteração do desempenho intelectual ou motor.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

SHARE
Previous articleFestival de músicas transforma em festival de memes engraçados
Next articleVídeo mostra Gusttavo Lima correndo de tiros e show de Anitta entra em xeque