Taques visita Pedro Pedrossian, último governador antes da divisão de Mato Grosso
Adventista



Taques visita Pedro Pedrossian, último governador antes da divisão de Mato Grosso

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

O governador Pedro Taques visitou o ex-governador de Mato Grosso, Pedro Pedrossian, em Campo Grande (MS), nesta segunda-feira (20.03) e declarou sentir orgulho do trabalho desenvolvido pelo político enquanto administrava o Estado. Pedrossian foi o último governador do Mato Grosso unificado, antes da separação ocorrida em 1977.

Pedrossian foi o primeiro senador eleito por Mato Grosso e, por duas vezes, eleito governador de Mato Grosso do Sul pelo voto popular. Ele e a esposa, Maria Aparecida, receberam Pedro Taques e o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, na casa em que moram.

Hoje aos 88 anos de idade, Pedrossian fala pouco e com a ajuda da esposa conta um pouco da história dos dias do passado. “Pedro ama Cuiabá. Ele não era muito a favor da divisão, achava que Mato Grosso ‘inteiro’ seria imbatível. O estado mais poderoso da nação. Ele sente falta daquela cidade e daquela gente”, conta.

Taques foi presenteado com o livro de memórias do ex-governador, intitulado “O Pescador de Sonhos” e se identificou com vários trechos da publicação. “Várias vezes ele cita um projeto transformador, exatamente como nós estamos fazendo no Mato Grosso dos dias atuais. Foi um estadista que respeito muito e me sinto muito feliz em finalmente tê-lo conhecido pessoalmente”, afirmou o governador.

“Eu desejava um Mato Grosso em ação. Um Estado em movimento, numa dinâmica memorável que envolvesse todo o conjunto social, administrativo, econômico e cultural. […] A se aliar e compreender a necessidade de em tudo colocar a dose certa de futuro, assegurando a ação integrada da redentora transformação de atitudes coletivas que o tempo e o trabalho se encarregariam de operar”, trecho do livro de memórias de Pedro Pedrossian, O Pescador de Sonhos.