Taques ressalta lealdade e minimiza discussões de grupos adversários

Taques ressalta lealdade e minimiza discussões de grupos adversários

SHARE
Foto - O Estado de SP

O almoço chamado pelo deputado estadual, Zeca Viana (PDT), e que teve o ex-prefeito de Cuiabá e provável candidato ao Governo do Estado, Mauro Mendes (DEM), Otaviano Pivetta e diversas lideranças de oito partidos (DEM, PDT, PSD, PRB, Pros, PCdoB, PHS e PP) não intimidou Pedro Taques (PSDB), que atualmente comanda o Palácio Paiaguás. Pelo menos foi isso que ele deixou transparecer em rápidas palavras sobre o fato junto a imprensa. “Não tenho nem um pouco de preocupação. Isso faz parte da política. Cada um tem que seguir seu caminho. Isso recebe o nome de liberdade (…) “É bom que tenhamos candidatos. Eu escolho os companheiros leais que ficam comigo, não eventuais adversários”, falou o tucano, que ainda ressaltou que está focado em sua gestão e não em política eleitoral. “É bom que tenhamos candidatos. Eu estou preocupado em administrar Mato Grosso e trabalhar bastante (…) Vou conversar sobre eleição na hora certa. É normal que as pessoas se reúnam ao menos pra almoçar”, desconversou.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO