Taques rebate declarações de Ezequiel Fonseca e diz que não teme candidatos...
Fullbanner1

Fullbanner2


Taques rebate declarações de Ezequiel Fonseca e diz que não teme candidatos da oposição

Fonte: olhardireto
SHARE
Foto: Da Internet

Um ano do início do período eleitoral, o deputado federal Ezequiel Fonseca, presidente estadual do Partido Progressista, parece estar caminhando para uma definição sobre posição do partido no quadro eleitoral do próximo pleito. E, ainda que considerada uma das mais importantes lideranças políticas de Mato Grosso, a oposição do PP não está tirando o sono do governador Pedro Taques (PSDB). Ao menos, é isso que o próprio Taques fez questão de deixar claro.

“É bom que tenham outros candidatos, aí nós vamos mostrar o que foi feito em Mato Grosso”, rebateu o governador, ao ser questionado sobre uma declaração do Progressista, que disse em uma rádio que não irá apoiar uma eventual candidatura do tucano.

A manutenção do apoio do PP ao Governo Pedro Taques é questionada desde o fim de 2016. Em novembro daquele ano, Ezequiel falou sobre a possibilidade de deixar de apoiar a gestão. Já em fevereiro de 2017, Ezequiel participou de uma reunião do grupo de Wellington Fagundes (PR) e Carlos Bezerra (PMDB). Depois, chegou a ser acusado de ter “chorado para conseguir mamar”, o que rebateu ao afirmar que o PP não tinha mais interesse em participar diretamente da gestão.

Em março deste ano, Ezequiel Fonseca disse que pediria desculpas a Pedro Taques se o governador cumprisse suas promessas. Principalmente à região Oeste do Estado, que segundo o progressista passa por um momento difícil. De lá para cá, no entanto, a situação pouco avançou.

Montreal