Taques garante apoio para conclusão de Usina Hidrelétrica no Teles Pires
Fullbanner1


Macropel

Taques garante apoio para conclusão de Usina Hidrelétrica no Teles Pires

Fonte:
SHARE

Redação/Gcom-MT

Governador Pedro Taques recebe Adhermar Palocci, diretor de Planejamento da Centrais Elétricas do Norte do Brasil Governador Pedro Taques recebe Adhermar Palocci, diretor de Planejamento da Centrais Elétricas do Norte do Brasil

A conclusão da Usina Hidrelétrica de Sinop, Localizada no Rio Teles Pires, foi tema de reunião entre representantes da empresa responsável pela obra, governador Pedro Taques e secretário de desenvolvimento econômico, Seneri Paludo.

Durante o encontro realizado nesta quarta-feira (22.07), no Palácio Paiaguás, Taques garantiu que o governo irá apoiar o empreendimento e buscar meios para conclusão da obra em 2017.

O secretário Seneri Paludo apontou que o governo de Mato Grosso vai atuar analisando todos os impactos de construção da obra e com a preocupação de garantir que ela resulte em desenvolvimento econômico, ambiental e social.

“Não nos preocupamos apenas com o aspecto econômico. Estamos fazendo as análises necessárias e compensando todos os afetados com as alagações”, avaliou.

Paludo destacou que o governo irá buscar celeridade nos processos de licenciamento ambiental. “Dentro da legalidade vamos criar meios para que a obra seja concluída no final de 2017. Neste cenário de aumento do preço da energia elétrica, todo empreendimento neste setor é importante para Mato Grosso”, avaliou.

A expectativa do presidente da Companhia de Energia Elétrica de Sinop, Ademar Palocci, é que Mato Grosso passe a ser exportador de energia elétrica com a conclusão das obras da Usina Hidrelétrica de Sinop. “O governador é objetivo e entende que precisamos estreitar as parcerias. Ele deixou sua equipe a nossa disposição para dialogar e resolver as dificuldades”, afirmou Palocci.

Com investimentos de R$ 1,8 bilhão, a UHE Sinop será construída a fio d’água, isto significa que toda água que entra no reservatório, seja pelos afluentes ou pelas chuvas, passa pelas turbinas e é utilizada para a geração de energia. Este projeto possui duas turbinas/geradores e potência instalada de 400 megawatts/hora (MWh).

Isto corresponde a geração de energia elétrica para 1,6 milhão de pessoas, equivalente a 50% da população do Estado do Mato Grosso. O reservatório a ser formado terá área de inundação de 337 quilômetros quadrados.

Montreal