Taques enaltece números positivos da segurança pública
Supermoveis



Taques enaltece números positivos da segurança pública

Fonte:
SHARE
Foto - Ednilson Aguiar/O Livre

O governador Pedro Taques (PSDB), candidato à reeleição, defendeu e elogiou o trabalho realizado pelos servidores da segurança pública de Mato Grosso, que tem contribuído com a redução nos índices de criminalidade. Nesta quarta-feira (08.08), em entrevista à Rádio Mega FM, Taques destacou o comprometimento dos profissionais e falou sobre a operação “Red Money”, deflagrada hoje para combater facção criminosa.

De acordo com Taques, o Governo fez um alto investimento em segurança pública, fortalecendo o setor de inteligência, desarticulando quadrilhas em todo o Estado. Nesta quinta-feira a Polícia Judiciária Civil cumpriu 94 mandados de prisão preventiva, 59 mandados de busca e apreensão domiciliar, 80 ordens judiciais de bloqueios de contas correntes e de sequestro de bens valores, totalizando 233 ordens judiciais decretadas.

O trabalho de todas as forças segurança se reflete nas estatísticas oficiais. Em 2014, Mato Grosso registrava 39,6 assassinatos para cada 100 mil habitantes. Já em 2017 o número caiu para 29,4 por 100 mil habitantes.

Comparando o primeiro semestre 2017 com 2018, o número de roubo caiu 24%. Pontualmente, em Vázea Grande a queda foi de 38% e em Tangará de 37%. Já o índice de furto reduziu 24% em todo Mato Grosso, chegando a redução de 34% em Cuiabá e 26% em Tangará da Serra.

“Investimos em segurança e isso mostra nossa preocupação com esta área. Promovemos a integração entre as forças, fizemos investimento em inteligência, equipamentos e infraestrutura. Para o futuro queremos melhorar o sistema de comunicação entre as polícias, isso também vai contribuir para a redução dos índices de criminalidade.  Não posso dizer que todos os crimes acabarão, mas estamos diminuindo os índices em todos os tipos de crime”, disse o governador.

Outro ponto destacado foi o aumento do número de policiais. Foram chamados 3.663 novos homens para a Polícia Militar, PJC, Bombeiros e Politec. Além disso, o Governo dobrou o número de viaturas, comprou novos armamentos e reformou 40 delegacias e outras unidades do sistema de segurança.

“Cabe ao Governo dar condições de trabalho. Ainda precisamos avançar, mas a segurança foi uma das prioridades, com aumento de investimento no setor. Mato Grosso já é o terceiro Estado que mais investiu em segurança, estamos trabalhando para dar melhores condições de trabalho e segurança para o cidadão”, finalizou.