Taques cita “leis criminosas” de Silval para justificar dificuldade em pagar servidores

Taques cita “leis criminosas” de Silval para justificar dificuldade em pagar servidores

SHARE
Foto - José Medeiros/SecomMT

O governador Pedro Taques (PSDB) detalhou quem é o culpado pelo mal momento orçamentário que vive sua gestão e apontou o ex-governador pelo PMDB, Silval Barbosa, como a fonte do problema. Mas diferentemente do mais óbvio, a acusação nada tem a ver com os esquemas milionários de corrupção que Barbosa chefiou ou permitiu que acontecessem em sua tenebrosa passagem pelo Palácio Paiaguás. Desta vez, o atual gestor detonou os acordos e legislações celebradas pelo governo anterior com o funcionalismo, sem que houvesse estudo de caixa, impacto e outros mecanismos essenciais antes de qualquer deliberação desse tipo. “O problema não são os servidores, eles são a solução. O problema é aprovação criminosa de leis sem análise do impacto econômico orçamentário na gestão passada. Na nossa gestão, não descumprimos nenhuma lei aprovada. E o que estamos fazendo é entesourar para pagar os servidores e o que sobra vai para outras áreas”.

A verdade é que quando a corrupção soma-se a incompetência, ou, no caso, a irresponsabilidade total, já que Silval não tinha mais como reeleger e pouco importava o pós 2014 para si, o cenário que normalmente se vê é algo muito próximo de ser definido como calamidade política.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO