Taques ampara Selma e é bombardeado por críticas
Supermoveis



Taques ampara Selma e é bombardeado por críticas

Fonte: Da Redação com MidiaNews
SHARE
Foto - ReporterMT

O governador Pedro Taques (PSDB) determinou que a Casa Militar providencie escolta de segurança para a juíza aposentada, Selma Arruda, que é pré-candidata ao Senado pelo PSL. A determinação, expedida no início da semana, ocorreu logo após a Comissão de Segurança do Tribunal de Justiça (TJ-MT) suspender por completo a segurança da juíza. No pedido ao governador, Selma Arruda argumentou que, com a ausência da escolta, ela sofre risco vida, “em razão da aposentadoria recente, somado a possíveis atos de vingança dos réus dos processos em que atuou”. A decisão de Taques foi politicamente e juridicamente criticada por boa parte das autoridades mato-grossenses. O presidente da Ordem dos Advogado do Brasil – OAB/MT, Leonardo Campos, apontou interferência do governador em um assunto que não lhe cabe.“Na nossa opinião fere o princípio da moralidade, legalidade e impessoalidade, porque a análise do caso já foi feita tecnicamente pelo órgão de origem que concluiu pela desnecessidade. Então como que um outro órgão, em outra esfera de poder, vai interferir numa decisão, servindo verdadeiramente como instancia recursal, porque é o que parece, que o Poder Executivo virou uma instancia recursal do Poder Judiciário, quando não é”, atacou.