Suspeito de feminicídio em Várzea Grande confessa a autoria do crime
Fullbanner1



Suspeito de feminicídio em Várzea Grande confessa a autoria do crime

Fonte: Da redação
SHARE
Foto: Reprodução.

Apontado em investigação como autor do feminicídio que vitimou Célia Regina de Magalhães, 50, o suspeito confessou em interrogatório, na segunda-feira (21), a autoria do crime ocorrido em 15 de maio, no bairro Jardim Icaraí, em Várzea Grande.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) havia representado pela prisão preventiva do suspeito Amaro Leite da Silva, 60, na quinta-feira (17). O mandado de prisão foi expedido na segunda-feira (21). Após a expedição da ordem judicial a unidade solicitou apoio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) para inserção de alerta para da placa da moto utilizada pelo suspeito.

Com a divulgação da foto do investigado e do veículo particular dele, Amaro foi localizado por equipe da Polícia Militar.

Conduzido à DHPP, o detido foi interrogado pela delegada Juliana Palhares e confessou o crime. O corpo da vítima foi encontrado com diversas perfurações provocadas por arma branca. O suspeito alegou que agiu em legítima defesa.

Após passar pelo Instituto Médico Legal (IML) – procedimento de praxe – o indiciado seguiu para o Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), ficando à disposição do Judiciário.

A ação coordenada pela DHPP, contou com apoio do Ciosp, Inteligência CR2, 4º BBPM e Derrfva.