Sistema de Bibliotecas realiza primeira capacitação do ano na região Noroeste
Adventista



Sistema de Bibliotecas realiza primeira capacitação do ano na região Noroeste

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas (SEPB-MT) realiza, a partir de segunda-feira (03/04), a primeira capacitação regional deste ano envolvendo os equipamentos culturais da região Noroeste de Mato Grosso. Até o dia 07 de abril gestores, acadêmicos e a comunidade estarão reunidos em Juína, município sede do encontro.

A capacitação atenderá, ao todo, 11 municípios: Juina, Juara, Castanheiras, Coniza, Novo Horizonte do Norte, Porto dos Gaúchos, Juruena, Cotriguaçu, Brasnorte, Aripuanã e Rondolândia.  

“Este evento tem como foco a democratização do acesso à informação. Em nossas visitas aos municípios do interior percebemos que há muita deficiência em formação e capacitação de pessoal e, principalmente, o desconhecimento a respeito de como funciona a biblioteca como um equipamento cultural”, observa Waldineia Almeida, coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas.

Entre os temas abordados nesta capacitação estão Organização e gestão de Biblioteca Pública; Organização de acervo – classificação e sinalização e Democatização da Informática. Além do conteúdo informativo, haverá aulas práticas dentro dos espaços da biblioteca.

“Queremos levar este conhecimento até os gestores e os que atuam dentro de uma biblioteca para que eles possam fazer como que o equipamento cultural seja empoderado pela comunidade. A conscientização e a importância deste espaço, bem como no que ele pode se transformar, é fundamental para que a biblioteca amplie seu alcance, sua função e seja valorizada pela sociedade”, enfatizou Waldineia.

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso foi instituído pela lei nº 10218, de 26/12/2014 e tem a missão de qualificar as bibliotecas publicas visando proporcionar à população, equipamentos culturais estruturadas que favoreçam a formação do hábito de leitura, estimulando a comunidade ao acompanhamento do desenvolvimento sociocultural do Estado.