Servidores do Ciosp passam por capacitação para auxiliar no atendimento às demandas...
Supermoveis

Fullbanner2


Servidores do Ciosp passam por capacitação para auxiliar no atendimento às demandas LGBT

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

Em uma ação inovadora, o Grupo de Enfrentamento e Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) capacitou os servidores do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), para o atendimento às ocorrências relacionadas à população LGBT. A capacitação foi encerrada nesta sexta-feira (23.06).

De acordo com o secretário do GECCH, major PM Ricardo Bueno, a iniciativa chamou a atenção principalmente para a identificação dos casos no atendimento das ocorrências.

“A nossa intenção é sensibilizar e humanizar o atendimento, para isso é preciso desassociar o preconceito de um registro de crime real. É importante que os servidores estejam instruídos e possam garantir a cidadania de todos e repassar ao denunciante o que se enquadra como denuncia e o que não é”, explicou Bueno.

Ainda segundo o major, “É preciso manter a coerência no atendimento à população LGBT e heterossexual, para garantir a legalidade e explicar que crimes de homofobia são ações discriminatórias sofridas em virtude de orientação sexual ou identidade de gênero. A proposta de capacitação percebe a vulnerabilidade social da população LGBT e orienta a toda a população para que as denúncias sejam registradas corretamente.

Entre as temáticas abordadas estão também os meios de registro de identificação da orientação sexual, identidade de gênero e crimes relacionados à homofobia.  

“Muitas das demandas que chegam ao atendimento são relacionadas a demonstrações públicas de afeto, o que não é crime. Ainda que isso cause algum desconforto a quem vê é preciso que haja essa orientação do que é ato criminoso e o que não se enquadra como denúncia. Por se tratar de uma temática bastante sensível, é preciso que os profissionais da Sesp estejam orientados para explicar isso ao cidadão que liga para denunciar”, acrescentou Bueno.

Para dar continuidade ao planejamento de instruções, o próximo ciclo de capacitação já está agendado para a primeira semana do mês de julho. Ao todo, cerca de 100 servidores entre efetivos e contratados serão capacitados.

Montreal