Servidor estaria contaminando eleições em bairros de Rondonópolis
Adventista

Fullbanner1


Servidor estaria contaminando eleições em bairros de Rondonópolis

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Foto - Reprodução

Uma denúncia feita à redação do NMT dá conta de interferência irregular de um servidor com cargo de destaque na Secretaria de Habitação do Município de Rondonópolis nas eleições dos líderes de bairros das regiões ligadas a União Rondonopolitana Associação de Moradores de Bairro – Uramb, que ocorrem nesta quinta-feira (15). O funcionário público estaria fazendo uso da estrutura do Poder Público Municipal para direcionar o resultado dos pleitos do feriado.

Segundo o apurado, o referido teria cadastrado pessoas, que atualmente residem em barracos irregulares de terrenos não regularizadas, prometendo aos mesmos uma ação da Prefeitura para a inclusão dos mesmos em novos programas habitacionais que serão lançados em breve. O servidor estaria, no entanto, condicionando a importância da eleição de determinado candidato para a presidência do bairro em questão.

Um dos adversários do apoiado pelo possível esquema, ao saber disso, teria ido a um local onde estaria ocorrendo o cadastramento e iniciado filmagens para comprovar a irregularidade do cadastro daqueles que fatalmente viriam a ser eleitores do pleito que não requer participação obrigatória dos moradores da região. O servidor da Habitação do Município teria então chamado a polícia e exigido que fossem apagadas as imagens feitas.

Embora não receba salário e não tenha poderes plenos de execução em seus mandatos, os presidentes de bairros são importantes personagens políticos e estratégicos para pretensões de muitos pré-candidatos, sobretudo para eleições municipais de 2020. Muitos líderes de bairro até se enveredam na busca por cargos eletivos e se candidatam, mas a maioria são tidos como os mais valiosos cabos eleitorais. Como funções principais, os líderes possuem a prerrogativa de levar as demandas da microrregião até o conhecimento dos representantes públicos.