Sérgio Rodrigues deixa o cargo de superintendente de futebol do clube
Supermoveis



Sérgio Rodrigues deixa o cargo de superintendente de futebol do clube

Fonte: Gabriel Duarte
SHARE

O Cruzeiro acertou, nesta quarta-feira, a saída de Sérgio Santos Rodrigues, que ocupava o cargo de superintendente de futebol do clube, nesta manhã. A decisão foi tomada em reunião entre o dirigente e o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, e seu, José Francisco Lemos Filho. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Raposa, que afirmou ainda que o cargo não será ocupado por ninguém, por enquanto.

No começo desta semana, Sérgio Rodrigues havia publicado um manifesto, junto com outros 16 conselheiros do clube mineiro, declarando ser contra modificações no estatuto do Cruzeiro, que permitiriam a candidatura do vice-presidente de futebol, Bruno Vicintin, ao cargo de presidente, na eleição neste ano. Gilvan de Pinho Tavares não pode mais se candidatar. Este seria um dos motivos para o dirigente não se sustentar no cargo.

Advogado, Sérgio Rodrigues assumiu o cargo em outubro de 2015, em um momento de reformulação na diretoria cruzeirense. Ele já fazia parte dos quadros do clube, auxiliando no setor jurídico e responsável pelos negócios internacionais do Cruzeiro. Sérgio é conselheiro nato da Raposa.