“Serei duramente atacado, mas irei explicar minhas escolhas”
VendaMais

“Serei duramente atacado, mas irei explicar minhas escolhas”

Oficializado como candidato do PSDB à Prefeitura de Cuiabá, deputado diz que grupo é o "mais forte"

0
SHARE
Foto:MidiaNews

Em um discurso de pouco mais de dez minutos, o deputado estadual Wilson Santos, escolhido para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSDB, afirmou que, em princípio, não tinha interesse de se candidatar, mas que agora vai entrar de cabeça na campanha.

“Sou um homem de partido, sou um homem de grupo político. Eu não queria entrar, mas agora não quero sair”, afirmou, ao lado do governador Pedro Taques (PSDB), durante a convenção do partido que homologou sua candidatura, na noite desta sexta-feira (5).

Wilson só foi escolhido por causa da desistência do prefeito Mauro Mendes (PSB), que, por razões pessoais, decidiu não disputar a reeleição.

“Deus está me dando a oportunidade para terminar algumas ações que eu não concluí por erro, ao deixar a Prefeitura. Hoje, mais maduro – dia 26 completo 55 anos -, avô de cinco netos, aprendi muito”, disse o tucano.

Deus está me dando a oportunidade para terminar algumas ações que eu não conclui por erro, ao deixar a Prefeitura

Wilson deixou o Alencastro em 2010, no meio do segundo mandato, para se candidatar ao Governo do Estado. Ele acabou derrotado por Silval Barbosa (PMDB). Ele costuma dizer que esse foi o “maior erro” de sua carreira.

O candidato voltou a elogiar o grupo político que o apoia. “Governador, eu lhe disse que, com esse grupo político – que eu nunca vi tão forte -, qualquer candidato que o senhor escolhesse venceria a eleição”, afirmou.

“Ter o apoio do governador que tem 64% de aprovação na Capital, ter o apoio do vice-governador [Carlos Fávaro], que é uma revelação, o apoio até então inimaginável do prefeito muito bem avaliado Mauro Mendes, é um privilégio”.

Wilson citou os desafios da campanha, que considerou inédita. “Serão apenas 45 dias, menos tempo de TV, menos tempo de rádio. Há uma grande novidade, que são as redes sociais”.

“É uma campanha nova de um candidato que será duramente atacado pelos adversários. Serei duramente atacado pelo que me equivoquei, que errei em Cuiabá. Vão nos cobrar tudo, não tenho dúvida. Mas também terei oportunidade de explicar as escolhas”, disse. “Explicar que, durante nossa gestão, fizemos a opção pelos mais pobres”.

Wilson revelou que, em uma conversa que teve com o prefeito Mauro Mendes, à tarde, disse que o convidará para a inauguração do Pronto-Socorro, obra iniciada pelo atual gestor municipal.

Ainda sobre a Saúde, o candidato prometeu continuar a implantação de Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) e os programas de saúde da família, que ele pretende elevar de 70 para 120 as equipes.

Alinhamento

Wilson revelou que, quando foi prefeito, não conseguiu avançar em obras de pavimentação asfáltica por não ter um governador do seu lado, diferente do que será agora. “Não tive como, vamos ter agora um governador cuiabano, que ama Cuiabá”, disse. Durante o mandato do tucano na Capital, os governadores foram seus adversários Blairo Maggi e Silval Barbosa.

“Agora terei o que Dante teve [quando foi prefeito na década de 80]: Dante, Carlos Bezerra e [José] Sarney, os três do mesmo partido. Aquilo que Roberto França teve: França, Dante de Oliveira e FHC”, concluiu. “A partir de janeiro, será Wilson e Pedro, Pedro e Wilson”.

No final, o candidato fez um elogio ao governador. “Quando aceitei ser seu líder [na Assemblea Legislativa], meu pensamento era que a política estava tão apodrecida que achei uma tremenda responsabilidade, com novos talentos, diamantes como vossa excelência. Eu, mais velho, mais experiente, tenho o dever cívico e patriótico de zelar pelo seu futuro. Nós não podemos perder o senhor. O senhor tem potencial para ser reeleito e ser o presidente do Brasil”.

Ele ainda citou pessoas que tentam jogá-lo contra Taques. “Estou vacinado. Já tomei todo tipo de vacina: febre amarela, hepatite, H1N1 e contra fofoca também. Às vezes, contra a fofoca não pega. Mas a minha pegou”

Fonte:MidiaNews.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO