Sem Pátio homologar licitação, escolas ficam sem material de expediente e até...
Fullbanner1


Macropel

Sem Pátio homologar licitação, escolas ficam sem material de expediente e até greve começa a tomar corpo

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Assessoria

O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), não se sabe muito bem o porquê, reluta em homologar uma licitação finalizada no distante mês de julho para a abastecer os almoxarifados das escolas municipais e de toda rede infantil (Umeis – Unidade Municipal de Educação Infantil e Emeis – Escola Municipal de Educação Infantil), departamentos administrativos e outras repartições ligadas a Rede Municipal de Educação, mas não só ela. Parte do material definido no certame abasteceria também o setor da saúde, que também está deficitário.

A verdade é que a maioria das secretarias de todas as unidades de ensino estão sem estrutura mínima para executar seus serviços mais básicos, por falta de, por exemplo, lápis, borracha e cadernos. Segundo uma servidora, que não quis se identificar por medo de represália, as aulas também já estão ficando comprometidas pela escassez do chamado material de apoio. Na saúde, o impasse administrativo vivido pela atual gestão têm dificultado até mesmo a disponibilidade de envelopes para guardar e não comprometer os exames de raio-x, a serem enviados para análise ao corpo médico que requereu.

Diante da situação, muitos servidores têm procurado a Câmara de Vereadores e, obviamente, acaram encontrando maior atenção junto a oposição parlamentar ao prefeito. O fato de nenhuma compra ter sido feita até o momento pela atual gestão para atender as necessidades das escolas e todo material ainda disponível ser remanescente da administração anterior, fez um vereador “comprar a briga” e a verdade é que uma greve já vem sendo ensaiada nos bastidores.

Já que a licitação está definida e com seus vencedores já conhecidos, o grupo de mobilização encara a indefinição como mero capricho do prefeito e sua equipe técnica. O assunto deve ganhar corpo nos próximos dias e a expectativa é para que o Executivo, ao menos, explique-se sobre o que está ocorrendo.

Montreal