Seduc começa a revitalização das Escolas Plenas de Cuiabá e VG
Fullbanner1

Fullbanner2


Seduc começa a revitalização das Escolas Plenas de Cuiabá e VG

Fonte: Assessoria
SHARE

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) começou neste mês uma força-tarefa para revitalizar as seis Escolas Plenas da região metropolitana de Cuiabá, todas funcionando em período integral. Nesta terça-feira (29.08), uma equipe da Seduc esteve na Escola Estadual Padre João Panarotto, no bairro CPA IV, em Cuiabá, para entregar dezenas de latas de tintas, aparelhos de ar-condicionado e geladeira.

Na última sexta-feira (25.08), novos mobiliários e kits de tintas foram entregues na Escola Estadual José de Mesquita, localizada no Bairro do Porto, em Cuiabá, para renovação da ambiência escolar.

Desde que o projeto das Escolas Plenas começou, a Secretaria tem empenhado todos os esforços para garantir o total funcionamento de cada uma das unidades espalhadas pelo Estado. As unidades passarão por reformas gerais até 2018 e algumas ganharão novos prédios, de modo que algumas licitações já estão em andamento.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, as Escolas Plenas de Mato Grosso possuem níveis de aprendizado superiores inclusive aos de escolas particulares – o que demonstra que o investimento tem sido alocado de forma correta.

“O custo da evasão e da reprovação na rede estadual de Mato Grosso é de cerca de R$ 400 milhões ao ano. Por isso, vale a pena investir um recurso a mais para manter o ensino integral de qualidade, pois ele garante o aprendizado e diminui drasticamente a evasão escolar”, afirmou.

Segundo o secretário, nas Escolas Plenas o nível de aprovação é de 91%, a presença dos alunos em sala é de 85% e a participação dos pais no dia-a-dia da escola chega a 70%.

Pró-Escolas

A revitalização e a entrega de novos equipamentos às Escolas Plenas fazem parte do Pró-Escolas, maior programa de investimento em educação já lançado pelo Governo do Estado, e dividido nos eixos Estrutura, Ensino, Inovação e Esporte e Lazer.

Até o final de 2018, a Seduc deverá entregar, ainda, 35 novas escolas (sendo 17 já inauguradas), 20 quadras poliesportivas e 70 reformas, totalizando 140 obras. Para isso, a Secretaria conta com orçamento de R$ 180 milhões para este ano e mais R$ 180 milhões para 2018, um recorde histórico no estado.

Montreal