Secretária se reúne com diretores para discutir ano letivo e investimentos
VendaMais

Secretária se reúne com diretores para discutir ano letivo e investimentos

SHARE
Reunião com Diretores. /Foto: Roger Andrade

Por Patrícia Casali

A secretária de Educação do município Ana Carla Muniz solicitou hoje (16) dos diretores das unidades que iniciaram as aulas depois do dia 9 de fevereiro, a garantia dos 200 dias letivos para os alunos da rede.

Como as escolas iniciaram o ano em dias diferentes a situação será avaliada individualmente. As unidades devem agendar reunião com o Departamento de Gestão Escolar para analisarem a melhor forma de reposição para validarem no novo calendário de 2015. As cinco últimas escolas que aderiram à paralisação iniciaram o ano letivo hoje.

 

Entre as propostas de reposição, estavam aulas nas chamadas emendas, quando há um feriado, por exemplo, na terça ou na quinta e a escola não funciona na sexta-feira; aulas em parte do período das férias de julho e também em janeiro. A princípio, foi descartada a reposição de aulas aos sábados.

 

A secretária lembrou que a greve é um direito do trabalhador, mas que o direito do aluno não pode ser prejudicado. O ano letivo é composto por 200 dias letivos e 800 horas aulas, que precisam ser cumpridos. “Temos de garantir os dias letivos aos alunos, para estar dentro da lei”, lembrou Ana Carla Muniz.

 

Durante a reunião, foi detalhado o orçamento e a previsão de gastos com folha de pessoal, manutenção e investimentos em 2015. Neste ano, 86% da verba destinada à educação será gasta com pessoal. Devido à reorganização da folha no início deste ano, foram necessários remanejamentos e cortes em outros setores, o que acarretará menos investimentos nas unidades.

Ana Carla Muniz em Reunião com Diretores. /Foto Roger Andrade

 

Ana Carla destacou que a atual administração tem feito investimentos acima dos 25% previstos em lei. Os gastos em educação em 2013 somaram 27,86% e em 2014, o montante foi de 26,54%.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO