Secretaria faz bloqueio químico no campus da UFMT Rondonópolis
Supermoveis

Fullbanner2


Secretaria faz bloqueio químico no campus da UFMT Rondonópolis

Ação faz parte de um pacote de imunizações feitas em locais com grande aglomeração de pessoas

Fonte:
SHARE
UFMT Rondonópolis

A equipe da Vigilância Epidemiológica realizou o bloqueio químico na Universidade Federal de Mato Grosso, campus Rondonópolis., nos últimos dias O trabalho foi feito em toda e extensão e também nos corredores dos blocos. A medida é para diminuir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika vírus e chikungunya.

“A prioridade é fazer o controle nos locais com maior aglomeração de pessoas para, assim, reduzirmos o mosquito e controlarmos a doença. Na UFMT o controle químico focal, na rede de esgoto, foi feito no início do mês. Este teve como objetivo eliminar as larvas. Agora vamos atacar os mosquitos”, explicou o supervisor geral de endemias, Rosmar Ferreira Aguiar.

Ele explicou ainda que o controle deve ser responsabilidade de todos, pois a doença é preocupante e pode levar à morte. “As pessoas não devem jogar lixo nas ruas ou deixar objetos expostos que possam acumular água. Isso pode aumentar os focos e contribuir na proliferação da doença. Somente o poder público não dá conta, cada um deve fazer a sua parte”.

A equipe da Vigilância Epidemiológica vem agindo com a parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente – Semma e o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis – Sanear. A ação deve atender, ainda esta semana, a região do bairro Alfredo de Castro. Outras solicitações de combate ao mosquito têm sido feitas ao poder público. Uma delas é o controle químico na Delegacia de Roubos e Furtos – DERF, que tem como objetivo acabar com os focos do mosquito no pátio da Delegacia, onde há muitos carros parados.

Fonte: Só Notícias

Montreal