Secretária destaca retomada de obras de reforma e ampliação de unidades de...
Supermoveis

Fullbanner2


Secretária destaca retomada de obras de reforma e ampliação de unidades de saúde

Fonte: Assessoria
SHARE

MARIA BARBANT

Na última audiência pública para a apresentação e discussão das demandas da comunidade, visando a construção do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2018 e do Plano Plurianual (PPA), a secretária de Saúde de Cuiabá, Elizeth Lúcia de Araújo, reafirmou uma das prioridades da gestão Emanuel Pinheiro em relação à Saúde, a expansão da rede de atenção básica.

A audiência pública realizada na noite desta quinta-feira (3), no Centro Comunitário do CPA II, Região Norte, reuniu representantes de mais de 10 bairros, secretários do executivo municipal, equipes técnicas e vereadores.

Em relação à Saúde, a comunidade pediu a reforma e ampliação de unidades. Neidenir da Silva Leite disse que a região precisa de mais unidades de Saúde. “O Residencial Nova Canaana, por exemplo, tem quatro etapas, mais de 1.400 casas, que hoje são atendidos pela unidade do 3 Barras que não comporta mais a demanda”, explicou.

Para avançar nas ações em relação à Saúde, cumprindo a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, de humanização e inclusão, a SMS de Cuiabá já retomou 19 obras de reforma e ampliação de UBS, PSF e o 4º andar e telhado, do Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá.

Na Região Norte foram retomadas as obras da unidade do Programa Saúde da Família (PSF) 1º Março, e devem ser reiniciadas a construção da UBS Jardim Umuarama/Dr. Fábio II e Ilza Terezinha Picole Pagot, ambas em fase de licitação.

“Na Saúde, varias ações estão sendo implementadas para ofertar a população uma saúde mais humanizada e inclusiva. Uma delas é a ampliação da rede básica de Saúde, com a retomada de obras que se encontravam paradas, com reforma, ampliação e construção de novas unidades”, salientou.

Ao todo, estão previstas a construção de 16 Unidades Básicas de Saúde, com previsão de termino até o ano que vem.

Segundo a Secretária, outras ações são prioritárias para a atual gestão como a regularização do fornecimento de medicamentos e insumos a fim de que a população não seja prejudicada. “Em relação a essa questão, temos 246 itens para os quais abrimos processos de licitação em janeiro, concluídos agora em junho. As maiorias dos contratos já estão firmados, as empresas já estão no prazo de entrega. Desse total, 51 itens foram desertos para os quais estamos pedindo autorização aos órgãos de controle para a compra emergencial desses itens”.

Ao todo, foram realizadas quatro audiências públicas para a elaboração conjunta, entre Prefeitura de Cuiabá, Câmara Municipal e a população, da LOA e PPA.

Montreal