Secretaria de Fazenda atende à OAB-MT e deixa de exigir documentos desnecessários
Fullbanner1

Fullbanner2


Secretaria de Fazenda atende à OAB-MT e deixa de exigir documentos desnecessários

Fonte: Oab - MT
SHARE

    Em resposta a uma solicitação da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), a Secretaria Municipal de Fazenda de Cuiabá informou que deixou de exigir procuração com reconhecimento de firma e cópia autenticada da carteira da OAB-MT em todos os seus setores.

    O comunicado foi emitido pela prefeitura no último dia 20 depois que a OAB-MT demonstrou a ilegalidade que vinha sendo cometida nos setores da Secretaria quando se exigia a documentação citada.

    A Ordem demonstrou que a medida feria o artigo 5º do Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94), que confere à advocacia postular perante os órgãos públicos, mediante apresentação de procuração outorgada por seus clientes, sem a necessidade de reconhecimento de firma.

    “A procuração para o foro em geral habilita o advogado a praticar todos os atos judicias, em qualquer juízo ou instância, salvo os que exigirem poderes especiais”, traz o parágrafo segundo do artigo 5º do Estatuto da Advocacia.

    A Ordem também esclareceu à gestão da Secretaria, depois de motivada por diversas reclamações de advogados e advogadas, que não bastasse a ausência de previsão legal para as exigências, o advogado tem reconhecidamente fé pública para atestar e reconhecer judicialmente documentos, o que não é diferente na esfera administrativa, conforme o artigo 425 do Código de Processo Civil.

Assessoria de Imprensa OABMT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0928/0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso

Montreal