São Paulo deve usar camisas pretas e leiloá-las para famílias das...
Supermoveis


Macropel

São Paulo deve usar camisas pretas e leiloá-las para famílias das vítimas

Fonte: Alexandre Lozetti e André Hernan
SHARE

O São Paulo deverá usar, na última rodada, contra o Santa Cruz, uma camisa toda preta, em luto pela morte de 71 pessoas, entre elas jogadores, comissão técnica e dirigentes da Chapecoense, além de tripulantes e jornalistas, na queda do avião que os transportava para Medellín, na Colômbia, onde seria disputada a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.

Em reunião da diretoria com a Under Armour, fabricante de material esportivo do clube, ficou adiantado o acerto para a produção de um uniforme todo preto para a última rodada, dia 11 de dezembro, contra o Santa Cruz. A partida está marcada para o Pacaembu, mas, por conta da mudança de data, pode voltar a seu palco original, o Morumbi.

VEJA MAIS:> Em rede, jogadores do São Paulo posam com camisas da Chapecoense> São Paulo sugere criação de fundo às famílias de vítimas da Chapecoense> Jogadores do São Paulo rezam por vítimas de acidente da Chapecoense

A ideia é que a camisa tenha somente os escudos do São Paulo e da Chapecoense na parte frontal. Nas costas, os números, nomes de jogadores e a inscrição #ForçaChape, em verde.

No início da tarde desta quarta-feira, Marco Aurélio Cunha afirmou que os jogadores do São Paulo pensam em alguma ação para ajudar as famílias dos jogadores falecidos no acidente. Uma hipótese é leiloar esses uniformes usados na última rodada, e destinar a arrecadação a eles.

– Toda homenagem emocional é intempestiva, e assim não se raciocina bem. Nossos atletas pensam em fazer algo que será dito no futuro. Obviamente estaremos juntos nessa, homenageando a Chapecoense na última rodada, da maneira mais sóbria, sem transformar isso em publicidade. Homenagem não é publicidade – disse o diretor executivo.

Montreal