São Paulo abre vantagem, mas vacila e cede empate ao Novorizontino
Fullbanner1



São Paulo abre vantagem, mas vacila e cede empate ao Novorizontino

Fonte: GloboEsporte.com
SHARE

Virou rotina para o São Paulo. A equipe começa em ritmo acelerado, abre vantagem, cria outras muitas chances de fazer um placar elástico, perde todas elas e sofre pressão. Às vezes dá certo, às vezes não. Neste sábado, por exemplo, deu errado. E contra um Novorizontino aguerrido, fora de casa, o Tricolor cedeu o empate por 2 a 2, pela sexta rodada do Paulistão. Gilberto e Thiago Mendes fizeram os gols do time da capital. Roberto e Railan igualaram para a equipe do interior.

O
empate mantém em situação confortável na tabela. O São Paulo, com 11 pontos, é
o líder do Grupo B. E o Novorizontino, com 7, o segundo do Grupo C. Na
próxima rodada do Paulistão, o Novorizontino joga com o Linense, no sábado, às
16h, em Lins. E o São Paulo recebe o Santo André, domingo, às 16h, no Morumbi.

 

Antes
disso, o Tricolor tem um desafio pela segunda fase da Copa do Brasil, na
quarta-feira, às 19h30, contra o PSTC, no estádio do Café, em Londrina.

O jogo

Mesmo
com um time reserva, o São Paulo conseguiu manter a intensidade exigida por
Ceni. Muito embora o estado do gramado (castigado pela chuva) tenha
prejudicado o toque de bola, o Tricolor dominou o Novorizontino na maior parte
do tempo. Os maiores sustos foram erros de saída de bola do goleiro Denis. Fora
isso, o time da capital conseguiu controlar bem os primeiros 45 minutos e saiu
na frente com um gol de Gilberto, aos 29 minutos, após cruzamento de Bruno.

A
etapa final não poderia ter começado melhor para o São Paulo. Logo aos seis
minutos, Denis mandou a bola para o ataque, Gilberto desviou de cabeça, e
Thiago Mendes fez o segundo gol. O jogo estava nas mãos do Tricolor, mas a
quantidade de gols perdidos, mais uma vez, fez o time se complicar. Aos 22, de
pênalti, Roberto diminuiu para o Novorizontino. E mudou o jogo. Na base da
pressão, o time do interior chegou ao empate aos 43, em cabeçada de Railan.