Samu passa a contar central mais ampla e moderna em Rondonópolis
Fullbanner1

Fullbanner2


Samu passa a contar central mais ampla e moderna em Rondonópolis

Fonte: Assessoria
SHARE

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) passou a contar a partir desta quinta-feira (17) com uma nova central de regulação localizada no prédio anexo ao Ciosp, na avenida Marechal Dutra, região central de Rondonópolis. Com a estrutura mais ampla e moderna, a nova unidade foi inaugurada na noite desta quinta e contou a presença de autoridades políticas, profissionais da saúde, policiais militares, Corpo de Bombeiro e sociedade civil.

O prefeito Zé Carlos do Pátio destacou a modernização da nova central do Samu e lembrou dos avanços na área da Saúde do município.

“A central do Samu conta com toda estrutura equipamentos novos para atender a sociedade com mais agilidade e eficiência. Quero parabenizar nossa equipe do Samu e a secretária municipal de Saúde. Rondonópolis passou a contar com cirurgia cardíaca, cateterismo, angioplastia e agora estamos modernizando o Samu para dar mais dignidade ao cidadão, a próxima etapa nossa é o prontuário eletrônico para implantar na nossa rede”, informou o prefeito.

A nova central atende, além de Rondonópolis, os municípios de Primavera do Leste, Paranatinga, Jaciara e Campo Verde, e a intenção é dar mais celeridade no atendimento aos pacientes. O coordenador do Samu, Heusnan Freitas, destacou que a estrutura da unidade conta com tecnologia e modernização que irá melhorar o tempo de resposta para os pacientes.

“É uma central mais ampla e mais moderna, toda tecnologia que tem no Brasil está sendo implantada aqui na nossa central, em termos de estrutura e modernização é a melhor do Estado, de equipamento e estrutura humana também. Ela tem todo um sistema acústico dentro dela e as viaturas são rastreadas online, tem um sistema rádio e smartphone. Toda tecnologia da nova central vai agilizar e melhorar o tempo de resposta”, destacou o coordenador.

A equipe profissional do Samu conta com telefonistas, radioperadores e médicos que trabalham 24 horas por dia no atendimento à população.

Ele ainda lembrou que após 12 anos de implantação do Samu em Rondonópolis, a central está passando por qualificação o que possibilitará recursos do governo federal. “Ontem (16) demos entrada de qualificação de central, no Estado nenhuma era qualificada, somos pioneiros, vamos fazer 12 anos de implantação do Samu de Rondonópolis, agora estamos qualificando, o Ministério da Saúde tem três meses para qualificar e após isso, virá mais recursos para o município de Rondonópolis”, comemorou Heusnan.

A secretária municipal de Saúde destacou que a nova central irá dar mais agilidade ao atendimento à população.  “A central é um avanço muito grande para a população porque vamos melhorar o atendimento do Samu que será mais ágil, isso para quem está esperando representa muitas vezes, uma chance maior de sobrevivência, e isso nada mais é que o reflexo de todo o trabalho que estamos fazendo na Secretaria de Saúde para melhorar a qualidade de vida dos nossos munícipes”, destacou a secretária.

O vereador Roni Cardoso destacou que fez a indicação para a restruturação do Samu e que também solicitou a implantação de duas novas bases de atendimento.

“Tive a ideia de fazer a restruturação do Samu, não só a restruturação e o atendimento que servirá para Rondonópolis e cidades vizinhas. Sabemos que nossa cidade evoluiu muito e querendo ou não são muitas vítimas. Estou mais feliz ainda pelo fato do prefeito estar atendendo as novas bases, uma na Canaã, e outra no Jardim Santa Marta, antiga Upa, dar um atendimento mais rápido a nossa população,” comemorou o vereador.

Montreal