Rosana Martinelli pode ser a 1ª prefeita de Sinop
VendaMais

Rosana Martinelli pode ser a 1ª prefeita de Sinop

SHARE
Foto:Assessoria.

A campanha eleitoral começa nesta terça-feira (16) em todos os municípios brasileiros. Em Sinop, quarto maior colégio eleitoral de Mato Grosso e conhecida como a Capital do Nortão, a empresária Rosana Martinelli (PR) é a primeira mulher a ser candidata a prefeita no município. O vice na coligação “Amor por Sinop” é o apresentador de TV Gilson de Oliveira (PMDB).

Rosana Tereza Martinelli nasceu em 09/12/1966, no município de Palotina, no Paraná. Filha de Valentim Dallastra e Domicilde Gasperin Dallastra mudou para Sinop com a família no ano de 1973, um ano antes da fundação da cidade, após o pai que era agricultor, ser incentivado a migrar para Mato Grosso em função das oportunidades que estavam surgindo na região Norte, principalmente na área rural.

O pai de Rosana montou uma madeireira em Sinop e incentivou amigos a se mudarem para o município após a família ter se adaptado bem no Estado. No ciclo educacional, estudou o ensino médio na cidade, ficou um período se dedicando ao trabalho e após retornar aos estudos, formou no curso de Administração de Empresas em uma universidade particular da cidade no ano de 2005.

Rosana ingressou na política através do seu esposo, Osmar Martinelli, que foi vereador no município em 1992, na gestão do então prefeito Adenir Barbosa, e também atuou como diretor de tributação, na época. No período da campanha do esposo, ela ajudou na organização, fez visitas aos bairros e as famílias de Sinop, além de ouvir as necessidades da população, principalmente na área de assistência social.

Osmar então decidiu se afastar da política para voltar a se dedicar ao setor madeireiro e ajudar Rosana a gerenciar a empresa. Em 2004, seu esposo teve uma meningite que o deixou paraplégico e com lesões cerebrais. Neste período, uma crise afetou a economia e o setor madeireiro de Sinop, justamente no momento em que Rosana assumiu o comando dos negócios da família. Os dois têm um filho, Osmarzinho Dallastra, que tem 15 anos.

A primeira experiência de Rosana Martinelli no setor público ocorreu há 10 anos como secretária de Indústria e Comércio. Na época, como tinha experiência da administração da empresa e pelo fato de conduzir a madeireira, atuando com exportação e viagens nacionais e internacionais, trabalhou na atração de recursos para o município.

Após se afastar da política temporariamente, dedicou-se ao trabalho nas entidades da cidade e na Acrinorte como secretária-geral, ajudando na Exposição Agropecuária de Sinop, recebeu o convite em 2011 para reestruturar o PSB no município e ter a possibilidade de disputar a sua primeira eleição, como candidata à vice-prefeita no ano seguinte. Cenário que se concretizou e foi eleita juntamente com o prefeito Juarez Costa (PMDB) em 2012, com 61,12% dos votos, .

Nestes quatro anos, assumiu o comando da Prefeitura de Sinop em cinco oportunidades, tendo a possibilidade de conhecer de perto a gestão pública. Também foi à Brasília algumas vezes para buscar recursos para a cidade nos Ministérios e junto à Bancada Federal.

Com 49 anos, Rosana Martinelli é a candidata do PR a prefeita de Sinop pela coligação “Amor por Sinop”, com o apoio de mais 10 partidos (PMDB, PTB, PT, PV, PMN, PMB, PTC, PROS e PC do B e PTN). Suas principais virtudes são a determinação, perseverança e vontade de trabalhar, de acordo com ela. Deseja ser prefeita de Sinop para ter a oportunidade de retribuir ao município, que lhe deu tudo na vida: família, amigos, trabalho.

Rosana também argumenta que gosta e quer continuar trabalhando com gente, vendo o sorriso nos olhos dos sinopenses após a implementação de algum novo programa ou inauguração de uma obra. Filiada ao PR, Rosana Martinelli também já militou no PSDB e no PSB.

GILSON DE OLIVEIRA – Nascido em 25 de junho de 1968, Gilson de Oliveira é natural de Maringá, no Paraná. Morou com a família até os três anos de idade em Curitiba (PR), quando os seus pais, José Cornélio de Oliveira e Aparecida Ferreira de Oliveira decidiram mudar para Várzea Grande, em Mato Grosso.

Após alcançar a maioridade, Gilson de Oliveira começou a trabalhar na imprensa, por meio do rádio e morou em Barra do Garças durante um período. Em 1994, conheceu Laércio Arruda, ex-secretário de Estado de Esportes, que o convidou para morar em Sinop. Ficou no município até 1996, quando retornou para Várzea Grande e em 2000, voltou para a conhecida como Capital do Nortão em definitivo.

Com 48 anos, Gilson de Oliveira tem 9 irmãos e seis filhos, sendo quatro meninos e duas meninas. Casado com Marlene Rodrigues dos Santos Oliveira, ele se tornou apresentador de TV em 2001, quando começou a se envolver com área social de Sinop por meio de matérias jornalísticas para ajudar as pessoas. Ele está concluindo a graduação em direito.

Gilson se filiou no primeiro partido político aos 18 anos, no PMDB de Várzea Grande. A sua primeira disputa eleitoral ocorreu em 2002, quando foi candidato a vereador pelo PSDB. Também militou no PP, PSDB, PSB e depois retornou para o PMDB. Foi vereador por Sinop na sexta e sétima legislaturas, de 2005 a 2008 e de 2009 a 2012. Também foi suplente de deputado estadual e assumiu cadeira na Assembleia Legislativa em 2008 por quatro meses.

Candidato a vice-prefeito na chapa “Amor por Sinop”, Gilson de Oliveira afirma que tem gratidão e amor por Sinop, cidade que lhe proporcionou oportunidade de crescimento profissional e pessoal. Também tem como bandeira, a assistência social e o melhor atendimento na área de saúde, nos procedimentos mais complexos de média e alta complexidade, além de fortalecimento do esporte na cidade.

Fonte:FolhaMax.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO