Rondonópolis mostra a sua cara e vai à rua protestar contra o...
Fullbanner1

Fullbanner2


Rondonópolis mostra a sua cara e vai à rua protestar contra o governo Dilma

Fonte:
SHARE
Protesto contra o Governo / Foto: Ailton Lima

Por: Ailton Lima

O Movimento Apartidário Rondonopolitano Resistência Democrática, composto por pessoas de diversos segmentos da sociedade local, juntamente com organizações e movimentos socais, bem como, setores organizados da sociedade, reuniram mais de 05 mil pessoas na tarde deste domingo (15), para protestar contra o Governo Dilma Rousseff do PT, pedindo o seu “impeachment” e exigindo o fim da corrupção e desmandos praticados no país, nos últimos 12 anos, pelos sucessivos governos do PT, Lula e Dilma.

Rondonópolis contra a corrupção / Foto Ailton Lima
Rondonópolis contra a corrupção / Foto Ailton Lima

As famílias rondonopolitanas vestidas de verde e amarelo, deixaram as suas casas, e foram engrossar a massa de descontentes com a situação política econômica e social do país.

Como no restante do Brasil, que desde cedo saiu às ruas para protestar e mostrar sua indignação, o povo de Rondonópolis mais uma vez, numa atitude de cidadania, veio de forma pacífica, mostrar que não concorda e não aprova, e não está satisfeito com as ações praticadas no governo.

Direita esqueRDA

Durante o protesto pacífico, a Polícia Militar se fez presente, e o major PM Handson, ‘Oficial de Dia’, comandou o policiamento preventivo, que não teve nenhum trabalho, pois a manifestação foi pacífica e ordeira.

De acordo com o major, por volta das 17h, a PM afirmava estarem presentes na mobilização apenas cerca de 1 mil pessoas, enquanto a organização já afirmava ter entre quatro e cinco mil protestando.

Movimento resistencia democratica

Na verdade, a contagem oficial efetuada pela PM tanto aqui na cidade, como no restante do país, destoava das imagens que as TVs mostravam, e o que se via realmente, como se o organismo de segurança oficial do estado brasileiro; Polícia Militar, também estivesse aparelhado e precisasse minimizar a presença da massa que protestava nas ruas contra o Governo Dilma.

No entanto, aqui, as imagens registradas pela imprensa, mostrava que o número de presentes era bem maior que os estimados pela PM.

Mulidão -II

 

As pessoas trouxeram faixas e cartazes com frases de protesto desde as mais simples como: “Fora Dilma”, até as mais incisivas como: “O país precisa de educação e não de político ladrão”; “O país é nosso e não dessa corja que está no poder”, ou ainda,: “ Direita, esquerda? Eu quero é ir pra frente”, “Um país mudo não muda! #vemprarua”, ou, “O povo não deve temer o seu governo… O governo é que deve temer o seu povo”; “Fora comunismo” e algumas faixas com dizeres assim: “Foro de São Paulo, auditoria já!”. “Reduza o salário dos políticos e aumente o salário do povo!”, e ainda, “Queremos Saúde e educação padrão FIFA”; “Viva o agricultor brasileiro”, e, “Menos ladrões, fora PT, Dilma, Lula, e seus cúmplices”.

Ratão

Um ratão estilizado e puxado por rua carretinha chamou a atenção dos presentes, que tiravam fotos do roedor, que segundo os manifestantes representava o governo do PT, a corrupção na Petrobrás (petróleo).

Maos dadas-II

De mãos dadas, a multidão cantou o hino nacional e aplaudiu as falas dos manifestantes que se revezaram no palanque oficial do evento, e relatavam as mazelas cometidas pelos governos Lula e Dilma do PT.

Maos dadas

A mobilização aconteceu na Rua W-2, localizada nos fundos do Rondon Plaza Shopping e começou as 16h.

Brasil precisa de educação Faixas de protesto Fora DilmaFaixa de ImpeachmentFamilias protestandoImpeachmentFaixas de protesto-II

Montreal