Rondonópolis alcança nível A em grau investimento e tem R$ 107 mi...
Adventista



Rondonópolis alcança nível A em grau investimento e tem R$ 107 mi para financiamento

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN), que avalia o grau de investimento dos municípios, classificou Rondonópolis com conceito A. Com isso, o município que vai completar 65 anos em dezembro integra um rol seleto composto por apenas nove municípios brasileiros que obtiveram essa classificação, como, por exemplo, Betim-MG, Indaiatuba e Itaquaquecetuba-SP, Palmas-TO e Vitória-ES, dentre outros.

O relatório da STN coloca a cidade em destaque nacional e abre os caminhos para novos investimentos. Junto do anúncio da classificação o município recebeu a oferta de financiamento no valor de total de R$ 107 milhões da Caixa Econômica Federal (CEF).

Para chegar à essa classificação a STN avaliou critérios como regularidade tributária, de contribuições previdenciárias federais e à dívida ativa da União; regularidade com as contribuições de FGTS, em relação à adimplência financeira e empréstimo e financiamento, prestação de contas de convênios, estar em dia com o Portal de Convênios – Siconv e também com os relatórios de RGE das questões fiscais, orçamentárias, contas anuais, matriz de saldo, além de outros.

A produção de superávit primário foi um fator importante para que Rondonópolis conquistasse nota A, conforme comentou o secretário de Receita do município, Valdecir Feltrin. “O  superávit primário acontece, por exemplo, quando uma pessoa que tem uma renda de mil reais, despesas mensais que totalizam R$ 800 e faz um compra com parcelas de cem reais, o que mostra a capacidade de endividamento”, explica o economista.

Feltrin acredita que o município alcançou esse conceito por conta do trabalho da gestão pública estar sempre focado no equilíbrio fiscal, fazendo o controle das contas e aplicando os recursos conforme rege a lei. Buscar o aumento da arrecadação e a redução de custos também foram citados pelo secretário.

Para conseguir acessar o recurso oferecido pela CEF por meio do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) a Prefeitura está acelerando a elaboração de projetos que poderão beneficiar diversos bairros com obras de drenagem de águas pluviais e pavimentação asfáltica.