Reunião no PSDB deve definir substituto de Mendes à prefeitura de Cuiabá
Fullbanner1

Fullbanner2


Reunião no PSDB deve definir substituto de Mendes à prefeitura de Cuiabá

Aliados estão reunidos com o governador para escolher o substituto de Mauro Mendes, que desistiu da disputa

Fonte:
SHARE
Foto:Assessoria.

Com a desistência do prefeito Mauro Mendes (PSB) em disputar a reeleição à Prefeitura de Cuiabá, fica agora a indagação de quem o grupo político do prefeito e do governador Pedro Taques (PLSDB) vai lançar a disputa eleitoral. Tão logo Mendes comunicou a seu grupo na manhã desta quinta-feira a desistência, parlamentares do PSB e de outros partidos seguiram para o diretório estadual do PSDB onde vão discutir a situação com o governador, que foi informado da desistência ainda na noite de quarta-feira. O grupo tem pressa para decidir, uma vez que esta sexta-feira é o último dia para a indicação de candidaturas às eleições municipais.

Ao deixarem o encontro com o prefeito Mauro Mendes, que teria chorado muito e revelado que não era sua vontade desistir, mas que tomara a iniciativa por pedido de seus familiares, deputados, vereadores e a cúpula do PSD seguiu para o PSDB para um encontro com o governador Pedro Taques. O objetivo é traçar um novo plano para a disputa eleitoral deste ano e definir quem o grupo vai lançar para a disputa à Prefeitura de Cuiabá no lugar de Mauro Mendes. Neste encontro estarão presentes além das cúpulas do PSB e PSDB, lideranças de outros partidos com o DEM, dos irmãos Campos, aliados de primeira hora do grupo.

O ex-senador Jayme Campos foi um dos primeiros a comentar a atual situação do grupo do governador Pedro Taques com a decisão de Mauro Mendes em desistir da disputa. Ele disse que agora é hora dos aliados mostrar força e indicar rapidamente um nome para a disputa. Chegou a lamentar a decisão dos deputados federal Fábio Garcia e o estadual Eduardo Botelho em não aceitar o desafio e aproveitou para lançar o nome da esposa do ex-deputado e ex-prefeito Roberto França, Iracy França para candidata a prefeita. “Ela tem o perfil ideal”, disse.

Entre os dirigentes do PSB existe o consenso de que o importante é indicar um nome capaz de manter a aliança partidária e sair vitorioso. O partido disse que não fará objeção e este nome que pode sair de qualquer um dos partidos.

Nesta discussão surge o nome do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB) que já chegou a disputar o cargo, sendo rejeitado pela população cuiabana. Outro nome cogitado é o empresário do ramo das Comunicação, João Dorileo Leal, que não esconde o sonho de ser prefeito.

Além da escolha do nome para disputar a prefeitura, o grupo tem ainda a missão de escolher o seu vice. A convenção tem de ser realizada até esta sexta-feira. O grupo, no entanto, espera resolver tudo ainda nesta quinta-feira.
Fonte:24HorasNews.

Montreal