Resultado de seletiva para Arena da Educação será divulgado na sexta-feira (24)
Supermoveis



Resultado de seletiva para Arena da Educação será divulgado na sexta-feira (24)

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) divulgará na sexta-feira (24.03) a lista de alunos selecionados para a Escola Estadual Governador José Fragelli, a Arena da Educação. Cerca de 500 estudantes realizaram as avaliações de medidas e testes de aptidão física, sob a coordenação do Laboratório de Estudos Aplicados em Pedagogia do Esporte, da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

O secretário de Estado de Educação, Marco Marrafon, que esteve no Ginásio Aecim Tocantins para acompanhar a seletiva, explicou que o projeto é inovador. “Tivemos uma experiência trazida pelo secretário adjunto de Esportes e Lazer, Leonardo de Oliveira, que é inspirada no Ginásio Experimental Olímpico, do Rio de Janeiro, mas são experiências únicas e originais. Aqui, para a Arena da Educação, fizemos uma adaptação para dentro do nosso contexto”, disse.

O secretário destacou ainda que a concretização de uma ideia é um processo difícil – e ver em que está se tornando a Arena da Educação é muito gratificante. “Hoje temos a última etapa dos testes seletivos, a gente vê a empolgação dos estudantes, das equipes que estão auxiliando o projeto e nos damos conta de que é possível fazer um ensino público de qualidade e também incentivar a prática esportiva”, afirmou.

Entre os critérios de seleção está a medição da idade do estudante para o ano escolar que ele almeja, além do critério esportivo baseado no resultado dos testes.

Rosberg Rabelo Martins, superintendente de Esporte na Escola da Seduc, explicou que o resultado final será dado após um cálculo matemático baseado no desempenho de cada estudante. “Não seria justo julgar por apenas um resultado. Muitas vezes, o estudante não tem aptidão em velocidade, mas tem em força. Então, temos que avaliar cada desempenho de forma separada”, destacou Rosberg.

Para o professor da Unemat e coordenador do laboratório, Riller Silva Reverdito, apesar de o projeto ser inédito, sua primeira etapa já pode ser considerada um sucesso. “É importante que venham outros projetos que permitam essa possibilidade da prática esportiva, sendo um elemento de formação do sujeito; nunca antes em Mato Grosso se falou tanto do potencial do esporte e é uma discussão do mundo todo”, finalizou.