Reclamação de festa de bacana no Colina Verde, acaba em tumulto com...
Fullbanner1


Macropel

Reclamação de festa de bacana no Colina Verde, acaba em tumulto com a PM e cinco presos

Fonte:
SHARE
Ilustração

Por Ailton Lima

Várias denúncias de perturbação do sossego público no final da noite desta quinta-feira (23), por volta das 23h30, no residencial Colina Verde, acabou em confusão dos envolvidos com a PM, resistência, agressão de ambas as artes e cinco presos.

Conforme a denúncia, os moradores de uma casa da Alameda dos Cravos resolveram dar uma festa e o som alto, bem como a gritaria e o som estridente de uma motocicleta de alta performance que era acelerada insistentemente começou a incomodar os vizinhos, principalmente o da casa ao lado da festa, onde havia uma criança doente e uma senhora gestante.

Segundo o BO da PM, foi tentada uma negociação com os festeiros, no sentido de diminuir o volume do som, mas não foi atendida. Resolveu-se então acionar a PM. Com a chegada da guarnição, a coisa esquentou!

Os policiais tentaram argumentar com o pessoal da festa, que recebeu os policiais com ironia e desrespeito, alegando possuírem influência política na cidade já que havia um ex-vereador na festa, e que nada iria fazê-los reduzir o volume do som ou acabar a comemoração.

Resultado: os ânimos se alteraram, houve bate-boca, e até a necessidade de disparo de uma arma não letal num dos envolvidos.

Conforme a PM, os integrantes da festa, atiraram pedras na guarnição, que pediu reforço e aí sim, conseguiu controlar a situação e deter os cinco suspeitos que foram encaminhados à 1ª DP.

O suspeito (S.D.T.) de 28 anos, resistiu, agrediu o cabo PM Odair lesionando o seu braço. Diante da situação houve reação por parte da guarnição que teve que efetuar um disparo de arma não letal (Sparker) contra o agressor. Por conta disso, o suspeito teve que ser encaminhado ao PA, para retirada do dardo.

Foram presos: (S.D.T.) de 28 anos; (G.G.B.) 28; (I.T.F.) 29; (G.Z.M.T.) de 32 e (M.R.B) de 49 anos.  Eles vão responder a inquérito policial por: Desacato, resistência, lesão corporal e perturbação do sossego público.

Na delegacia, o delegado plantonista José Lucídio Nunes Rondon, arbitrou fiança de dois salários mínimos para quatro, dos cinco envolvidos, e encaminhou o suspeito (S.D.T.), para a cadeia pública.

Montreal

14 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia não entendi pq das iniciais, pq são bacanas pobres SAE ate o DNA e rico só as iniciais, se tem flagrante, bo não entendi o pq da discriminação???

  2. INFELIZMENTE A IMPRENSA DAQUI AINDA COMETE ESSE TIPO DE FALHAS , COLOCA O NOME AI , NAO SO AS INICIAIS, TAO DEFENDENDO QUEM, PQ QUANDO É UM SIMPLES CIDADAO COLOCAM O NOME E SE POSSIVEL A FOTO, ONDE ESTA A IMPARCIALIDADE….

  3. E porque não colocaram os nomes completos na reportagem? Se fosse de um bairro mais pobre e sem “influência política” fariam isso né!

  4. Uai porque não mostrou o nome dos miliantes cara. Que site mais sem critério cara. Se fosse gente pobre tinha até foto dos caras.

  5. Coloque os nomes dos bacanas. Por que não mostra o nome completo dos pseudos influentes que não respeitam quem precisa descansar, moribundo e gestante. Fala sério…

  6. Esse problema de som alto, algazarra, anarquia, perturbação do sossego, veículos com som altíssimo, é muito comum aqui na região do Jardim Atlântico. As vezes a polícia quando solicitada se faz presente. Mas a ação é branda. Tem mais é que prender os infratores, as aparelhagens e o veículos. Qualquer dia deste vai “sair tiro na parada”, vai ter para-brisa estilhaçado e aí? Tem uns babacas aqui que tem no ouvido o que deveriam ter no intestino. Alô turma da ambiental, porrete nesses gazeteiros!

  7. Pq nao coloca o nomes dos cara ai?? Palhacada isso mesmo, se tem influencia tem q mostrar o nome mesmo pra ver se toma vergonha na cara e respeita as pessoas q estao cumprindo seu papel no caso os policiais, se tiver influencia mesmo, devia mostrar pra nos vermos quem sao esses poderosos ai da politica, pra q nunca mais vote num povo desse.

  8. QUE BLZ ESSE É O BRASIL, ONDE FILHINHOS DE PAPAI QUE N TEM NADA PRA FAZER A N SER GASTAR DINHEIRO, DESRESPEITAM O PROXIMO, MAS É CLARO SÃO FILHO SE FULANOS E BELTRANOS, TUDO COM APROXIMADAMENTE 30 ANOS NAS COSTAS, E DE SE DAR GARGALHADAS, AS CRIANÇAS FICARAM BRAVAS, ME ENVERGONHA, AGORA O CARA QUE TA VENDENDO COCADA NA ESQUINA PRA SUSTENTAR SUA FAMÍLIA E N ESTAR FAZENDO O QUE ESSES BONITOS ESTAVAM, ELE SIM É ARRUACEIRO … PELO AMOR DE DEUS!!! É O FIM DO MUNDO.

  9. Costinha, não rasgue seu diploma e sua honra omitindo algo basilar no jornalismo: credibilidade! Escreva os nomes dos “bacanas”, e aí sim o site e vc ganharão credibilidade (!!!!) junto aos leitores…..

  10. A policia (pelo que dá para entender pela matéria) agiu corretamente e não se intimidou pelos “bacanas”. O site, vergonhosamente, se intimidou. So publicou as iniciais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

SHARE
Previous articleGovernador entrega 27 viaturas da PM para municípios do interior
Next articleSUDOESTE: Fávaro vistoria estradas e recebe demandas da população