Projeto será desenvolvido com mais 800 alunos da rede estadual


Projeto será desenvolvido com mais 800 alunos da rede estadual

0
Fonte: Assessoria
COMPARTILHE

Um dos maiores cases de sucesso na rede estadual de Mato Grosso, o projeto Educomunicação, será oferecido para mais 800 alunos de 20 escolas do Estado.

Resultado de parceria entre a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o Educomunicação tem o objetivo de estimular práticas de comunicação social visando à formação de cidadãos responsáveis.

A ampliação da parceria foi anunciada na tarde desta quinta-feira (29.06), na Arena Pantanal, durante a cerimônia de entrega de certificados para 300 alunos que participaram do projeto.

Conforme o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, o projeto é icônico e fundamental para os tempos atuais. “Este é um projeto muito importante nesta era da comunicação, nestes tempos modernos. A Seduc e a parceria da UFMT trazem a possibilidade de construção da comunicação a partir das diversas mídias. Os jovens constroem áudios, vídeos, textos e tudo isso em uma plataforma colaborativa de conteúdo, mostrando como se deve tratar a internet com responsabilidade social”, afirmou.

Segundo Marrafon, o projeto é um case de sucesso no Estado e por isso merece ser replicado por mais unidades. “Os professores aprenderam mais com os alunos do que propriamente a gente conseguiu passar. Os alunos tiveram uma grande possibilidade de nos ensinar a trabalhar com mídia, eles demonstraram muita responsabilidade social, muita sensibilidade, dever ético na hora de tratar de temas delicados como o racismo, então isso nos deixa muito felizes, porque é assim que se constrói cidadania”.

O governador Pedro Taques também participou da cerimônia e elogiou a iniciativa. “Este programa tem sido um sucesso e por isso nós vamos aumentar o número de escolas e o número de alunos, para que ele possa a cada dia mais fazer o aluno entender que é importante. E que este meio de comunicação possa auxiliar no processo de ensino, para que ele possa a cada dia mais aprender, porque quem hoje não se antenar, não se linkar com conhecimento, tecnologia e informação, vai ficar para trás – e Mato Grosso não pode ficar para trás”.

De acordo com o idealizador e coordenador do Educomunicação, Diélcio Moreira, com o novo convênio o número de escolas atendidas pelo projeto passará de nove para 20, aumentando também o número de alunos atendidos, que subirá de 300 para 800. Todo o conteúdo criado é disponibilizado gratuitamente na Plataforma+10.

Segundo a professora Luzia do Nascimento, da EE Benedita Augusta Lemes, do município de Jangada, afirmou que o projeto transformou a vida da sua comunidade escolar. “Antes do Educomunicação, nós víamos os celulares como adversários do ensino; hoje, vemos que ele pode ser uma importante ferramenta de aprendizado”.

Pró-Escolas

O Educomunicação também faz parte do Pró-Escolas, maior programa de investimentos da história da educação estadual, com o objetivo de melhorar o ensino em Mato Grosso.

Também participaram da cerimônia o deputado estadual Adriano Silva, o secretário adjunto de Política Educacional, Edinaldo Gomes, o secretário adjunto de Esportes e Lazer, Leonardo de Oliveira, e Evandro Soares, vice-reitor da UFMT.