Projeto de Governo Digital é apresentado a gestores públicos
Fullbanner1


Macropel

Projeto de Governo Digital é apresentado a gestores públicos

Fonte:
SHARE

Redação/Gcom-MT

Gestores públicos estaduais participaram do evento “Tendências em Governo Digital: Estado de Mato Grosso e Cepromat”, que teve como destaque a palestra ministrada por Claudio Chauke, Diretor dos Programas Executivos da Gartner na América Latina, empresa mundial que foi contratada pelo Centro de Processamento de Dados do Estado de Mato Grosso (Cepromat) para elaboração do plano de reposicionamento estratégico do Governo Estadual. A empresa explicou como o Governo Digital vem se tornando uma tendência mundial gerando uma administração pública mais eficiente, por meio de tecnologias inovadoras usadas para melhorias e facilidades nos serviços públicos, transparência, informação e prestação de conta a sociedade.

A Tecnologia Digital vem para aproximar o Estado do cidadão, sempre colocando o interesse social em primeiro lugar. A ferramenta tecnológica facilita a prestação de serviços como, por exemplo, o agendamento online, sem a necessidade da locomoção e do tempo de espera em filas, explica Claudio Chauke. “São ações que trarão benefícios reais ao cidadão, que melhoram sua qualidade de vida. Todos os serviços serão guiados por uma política de segurança de forma a oferecer canais seguros para a sociedade. O estado de Mato Grosso está chegando a frente. Não é simples, mas é extremamente importante”, destaca o diretor da Gartner, que ainda cita os benefícios que o Governo Digital traz aos setores produtivos do Estado ao pensar na interação entre as áreas e as questões de logística.

O secretário de Estado de Planejamento, Marco Marrafon, destaca o reposicionamento estratégico do Cepromat e das secretarias estaduais para possibilitar o avanço do Governo Digital, lembrando que a implantação do programa exige uma série de medidas por parte das pastas estaduais em torno de um planejamento estratégico comum. “Será um novo modo de relacionamento entre governo e população, com maior participação do cidadão via digital, visando a transparência, formulação de políticas públicas e prestação de serviço”.

A implantação do Governo Digital é um projeto a médio prazo, já que exige a união de todas as secretarias estaduais, avalia o presidente da Cepromat, Evaristo Fava. “É um tema emergencial discutido no mundo inteiro. Na atualidade, a tecnologia de informação é imprescindível nos planos governamentais e o programa de Governo Digital deve estar alinhado entre todas as Secretarias estaduais para junto melhorarmos as ações públicas”.

Montreal