Programa busca aumentar a eficiência energética da ALMT


Programa busca aumentar a eficiência energética da ALMT

O programa visa, de acordo com o Núcleo de Engenharia e Arquitetura da Assembleia Legislativa, colaborar com o meio ambiente

0
Fonte:
SHARE
Foto:Assessoria.

Com o objetivo de conscientizar os servidores da Casa sobre a importância da economia de energia (elétrica, térmica, de combustíveis) no ambiente de trabalho, a Mesa Diretora designou cinco servidores do Núcleo de Engenharia e Arquitetura para constituírem a Comissão do Sistema de Gestão de Energia a fim de trabalharem o assunto.

O engenheiro eletricista da comissão, Alexandre Nascimento, afirmou que está sendo desenvolvido um programa de eficiência energética. E para reforçar a ideia junto aos servidores, a Comissão também está elaborando material onde destaca a forma correta de usar os equipamentos eletroeletrônicos utilizados no dia a dia como, por exemplo, o ar condicionado, as lâmpadas e os computadores.

“O Parlamento está empenhado em reduzir o consumo de energia elétrica. O programa de eficiência energética tem diversas metas ainda para este ano.”, explicou Nascimento.

De fato, em 2015, o gasto com energia elétrica foi em média R$ 240 mil por mês. Nestes oito meses deste ano, o consumo médio mensal de energia elétrica é de 370 mil kWh, que corresponde a pouco mais de R$ 190 mil por mês.

De acordo com Nascimento, o objetivo é todo ano definir novas metas à redução. “Nos próximos anos, a intenção é de a Assembleia Legislativa gerar a própria energia elétrica que venha a consumir”, disse o engenheiro eletricista.

Os nomes dos servidores membros da Comissão do Sistema de Gestão de Energia (SGE) foram publicados no Diário Oficial de 30 de junho de 2016, por meio da Portaria MD nº 129/2016. A composição é a seguinte: Alexandre Nascimento, Bruno Vaz Bassole, Christian Luiz Perlin, Juliana Biancarddini Candia Campos e Teófilo Pereira Fonseca.

Fonte:24HorasNews