Professores da Educação Especial participam de treinamento para inclusão de alunos com...
Fullbanner1

Fullbanner2


Professores da Educação Especial participam de treinamento para inclusão de alunos com deficiência

Fonte: Assessoria
SHARE

Professores de Educação Física da rede municipal, professores do Atendimento Especial Especializado (AEE), que atuam nas salas de recursos multifuncionais, e a equipe da educação especial da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), participaram, na semana passada, de uma capacitação para realizar a avaliação funcional e auxiliar a inclusão de alunos com algum tipo de deficiência nas aulas de Educação Física.

Oferecido pelo SESC, o curso foi ministrado pelo professor doutor Ulisses de Araújo, do Centro de Treinamento de Educação Física (Cetefe), de Brasília, e contou, também, com a participação de estudantes de Educação Física e professores da rede privada, totalizando cerca de 60 profissionais.

Hoje, 306 estudantes matriculados na rede municipal apresentam algum tipo de deficiência. Para a gerente da educação especial, Neuzeli Fuza, é fundamental o aprimoramento dos professores para melhor atender essa parcela de estudantes com necessidades tão específicas e fazer cumprir os direitos de inclusão social e cidadania assegurados na Lei 13.146/2015.

“O objetivo do curso foi preparar os profissionais para que tenham condições e conhecimento para incluir todos os estudantes com deficiência nas aulas de educação física. Precisamos criar estratégias para acolher e inserir esses alunos”, afirmou Fuza.

A gerente explicou que os professores necessitam dessa formação para que consigam identificar e promover as atividades nas quais esses alunos possam ser inseridos de modo que não tenham a saúde e a segurança prejudicadas em nome da inclusão.

“A falta de conhecimento sobre o que é possível ser feito limita a atuação do professor. Daí a importância do aprimoramento e qualificação,” observou.

No próximo ano, a secretaria planeja oferecer, em parceria com o Cetefe, um treinamento específico aos professores e técnicos da rede municipal.

Criado em 1990, o Cetefe tem como propósito promover a inclusão social da pessoa com deficiência por meio do esporte, com atividades planejadas, contínuas e gratuitas e através da capacitação e inserção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho.

Montreal