Professor desenvolve game ambientado no Pantanal
Fullbanner1


Macropel

Professor desenvolve game ambientado no Pantanal

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

“O Pirata do Pantanal: o game” é a mais nova obra do escritor e professor do curso de Letras do câmpus de Tangará da Serra da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Robson Rocha. O jogo com o protagonista menino Gabriel, tem sete fases, três em um navio pirata e quatro no Pantanal Mato-grossense, onde se depara com inúmeras situações envolvendo, entre outros bichos, piranhas, ariranhas, sucuris, dourados, pacus e jacarés.

O game educativo, publicado pela Editora Ideias, foi lançado na biblioteca do Centro Cultural, em Tangará da Serra, na última semana. Totalmente produzido em Tangará, o jogo foi baseado no livro homônimo que Robson Rocha publicou em 2014. O professor assina o roteiro e a direção, Hudson Freire Milcharek as ilustrações e Lucas Rocha a programação.    

“O jogo dialoga com o livro, mas traz novas informações. Um complementa o outro. Quem joga faz uma viagem pelos cenários tanto do game quanto do livro e ainda aprende muito sobre o Pantanal Mato-grossense. O game é comercializado pela Ideias Papelaria aqui em Tangará, vem em um CD e roda em qualquer computador”, conta o autor.

Robson Rocha já publicou 36 livros, a maioria voltado para o público infantil e infanto-juvenil. O Lápis Mágico, em 1997, foi o primeiro do conjunto de sua obra que em 2009 alcançou a marca de mais de um milhão de livros vendidos em todo o Brasil.

Mineiro de Belo Horizonte, Robson é mestre em mídia, cultura e política pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e graduado em Letras pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

O Pirata do Pantanal: o livro: Gabriel passa usar um tapa olho para descansar a vista por indicação médica. Sentindo-se envergonhado não queria ir a escola. O pai de Gabriel passa a contar histórias de pirata para o menino que começa a se orgulhar de seu tapa olho. Um tempo depois, Gabriel que mora no Pantanal, adota um passarinho caído do ninho e o cria no ombro. E a partir daí Gabriel ganha o apelido de Pirata do Pantanal. Esse filhote se transforma em um tuiuiú e muita coisa ainda está por vir nesta história que até o Lampião da Maria Bonita fará parte.

Ideias Papelaria: papelariaideias@gmail.com / (65)3326.3960

Montreal