Produção sustentável passa pelo combate ao desmatamento ilegal, afirma Fávaro
Supermoveis

Fullbanner2


Produção sustentável passa pelo combate ao desmatamento ilegal, afirma Fávaro

Fávaro esteve presente nesta manhã (25) no lançamento da Plataforma de Pecuária Sustentável do Carrefour, no Palácio Paiaguás

Fonte:
SHARE
Foto:Assessoria.

O vice-governador e secretário de Meio Ambiente de Mato Grosso, Carlos Fávaro, destacou a importância do combate ao desmatamento ilegal em Mato Grosso para o crescimento sustentável da produção do Estado. Ele esteve presente nesta manhã (25.08) no lançamento da Plataforma de Pecuária Sustentável, uma parceria do Governo de Mato Grosso, por meio do Instituto Mato-grossense de Carnes (Imac), com o Carrefour que possibilitará a venda de carne mato-grossense na rede de hipermercados.

Conforme o vice-governador, atualmente os esforços da pasta de Meio Ambiente (Sema) estão centrados no combate ao desmatamento ilegal, e nas ações para agilizar os trâmites do licenciamento ambiental, além da intensificação do monitoramento e da fiscalização. “Estamos numa fase muito importante, que é a da conscientização, sem deixar de sermos vigorosos com as infrações”, afirmou.

Apenas esse ano, a equipe da Sema autuou cerca de 62 mil hectares por desmate ilegal. Os dados foram levantados de janeiro a julho deste ano pela Sema, e apontam também que foram aplicadas multas pela prática de desmatamento no valor de R$198,6 milhões. O balanço do órgão ambiental mostra ainda que nos sete primeiros meses de 2016 foi apreendido um total de 6,4 mil m³ de madeira ilegal. O montante de multas aplicadas ultrapassa R$ 5,2 milhões.

Ele ressaltou também o papel do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac) na consolidação da produção sustentável de carne, que além de ser certificada para acessar mercados internos e externos para o produto, deve passar por um controle de qualidade rigoroso.

“O Imac é uma revolução para o setor. O nosso país não tinha ainda um Instituto da Carne, e quando o governador Pedro Taques descobriu como funciona, imediatamente aderiu e criou o órgão mato-grossense para incentivar as boas práticas e melhorar a produção”, explicou.

Produtos com sustentabilidade

Entre as metas apresentadas, a Plataforma de Pecuária Sustentável oficializa o monitoramento de 100% da cadeia produtiva de proteína animal vendida na rede, e a abertura do mercado para a carne mato-grossense.

O encontro reuniu o governador Pedro Taques; o Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho; Jérôme Bédier, secretário-geral do grupo Carrefour; Charles Desmartis, Ceo Carrefour Brasil; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Tomczyk; o presidente do Imac, Luciano Vacari; o deputado estadual Wancley Carvalho; além de representante do Ministério Público Federal e do Greenpeace Brasil.

 

Montreal