Primavera do Leste: IV Festival Castro Alves de Poesia tem aumento de...
Fullbanner1



Primavera do Leste: IV Festival Castro Alves de Poesia tem aumento de 30% no número de inscritos

Fonte:
SHARE
Foto: Assessoria.

Ocorreu na noite da última quinta-feira (25) o IV Festival Castro Alves de Poesia. O evento é uma realização da Prefeitura de Primavera do Leste, por meio da Secretaria de Cultura, Juventude e Lazer (Secult) e Secretaria Municipal de Educação e Esportes (SMEE). Esta edição contou com a participação de 230 inscritos de diversos lugares do Brasil. Neste ano o aumento das inscrições foi de 30% em relação a 2017.

Poemas de autores renomados e obras autorais foram declamadas no Plenário da Câmara dos Vereadores, fazendo valer o objetivo do evento, que é mobilizar a classe artística, instituições culturais, escolas, academias, projetos e associações para ampliar a arte de criar e declamar poemas. Ao todo foram 80 declamações.

Foram mais de 40 premiações para quatro modalidades: Declamação; Declamação Livre; Poema Inédito; e Concurso Nacional de Poesia Inédita. Nesta última categoria o Concurso teve participantes de poetas de 16 Estados do Brasil. São Paulo foi o Estado que mais teve participantes, com 24 inscrições. Em seguida, as duas maiores participações foram dos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, com 19 inscrições cada. Também participaram os Estado do Paraná (10), Bahia (10), Rio Grande do Sul (8), Mato Grosso (7) – sendo seis de Primavera do Leste e um de Poxoréu – Ceará (4), Rio Grande do Norte (3), Santa Catarina (3), Pernambuco (3), Amazonas (2), Maranhão (1), Distrito Federal (1), Espírito Santo (1), e Goiás (1).

A cada ano o festival ganha mais repercussão e participação das instituições de ensino de Primavera do Leste. Conforme o Secretário de Cultura, Wanderson Lana, este ano o concurso teve um aumento de inscrições de 30%. “Ainda falta a participação de muitas escolas. Mas, escolas sensíveis aos livros e à literatura, que têm professores empenhados a trabalharem esses assuntos e que acreditam na potência da leitura e da poesia, conseguem modificar a realidade desses adolescentes, crianças e jovens”, afirma o secretário.

O prefeito Léo Bortolin destaca que este é um evento que já faz parte do calendário anual da Secretaria de Cultura para garantir a discussão, conhecimento e valorização da cultura e da literatura brasileira.

A professora Marileide Ribeiro, que incentivou e acompanhou alunos de três unidades escolares em que leciona, entende que esse tipo de festival é uma das maiores formas de incentivo à arte, “porque poesia é arte”.

PREMIAÇÕES

Cada modalidade foi composta por categorias. Isso possibilitou a avaliação mais justa de crianças, adolescentes e adultos dentro das quatro modalidades. Além das instituições de ensino da cidade, adultos que não estão ligados a nenhuma instituição também participaram. Confira os vencedores de cada categoria:

Declamação – Categoria Mirim: Arthur Pereira Lacerda, da escola Municipal Novo Horizonte, com o poema “José”, de Carlos Drummond de Andrade;

Declamação – Categoria Infantil: Karen de Sousa Rodrigues, da escola Municipal Novo Horizonte, com o poema “A língua de Nhém”, de Cecília Meireles;

Declamação – Categoria Infanto-Juvenil: Quirina Rijkoff, da Escola Estadual Campo Massapé, com o poema “Ora (direis) ouvir estrelas!”, de Olavo Bilac;

Declamação – Categoria Juvenil: Igor Ferrari, do Centro educacional Primavera, com o poema “Retorno Bravo”, de Ubirajara Ralfo Constant;

Declamação Livre – Categoria Mirim: Alice Pereira Lacerda, com o poema “Cabelo Enroladinho”, de Cíntia Amorim;

Declamação Livre – Categoria Infanto-Juvenil: Daniel Felipe Breda da Silva, com o poema “Não ao Fascismo”, de Fábio Azeredo;

Declamação Livre – Categoria Adulto: Alessandra Mazzonetto Huque, com o poema “Quando a Loucura vem Matear Comigo”, de Bianca Begmann;

Poema Inédito – Categoria Mirim: Pedro Luís Ferreira de Carvalho, da Escola Estadual 13 de Maio, com o poema “Dia de Praia”.

Poema Inédito – Categoria Infantil: Layane Correia da Silva Marçal, do Colégio Nova Geração (COC), com o poema “Quem Sou Eu?”;

Poema Inédito – Categoria Infanto-Juvenil: Ícaro Fernandes de Oliveira Freitas, do Colégio Nova Geração (COC), com o poema “Frio na Barriga”;

Poema Inédito – Categoria Juvenil: Clara Janiele da Silva Carvalho, da Escola Estadual Campo Massapé, com o poema “Inconcebível”;

Poema Inédito – Categoria Livre: Márcio Andrade Lima, com o poema “Girassol”.

Os vencedores receberam prêmio em dinheiro, com valores que variam de R$ 100 a R$ 1.500, dependendo da modalidade, categoria e classificação.

Os poemas inéditos vencedores devem ser publicados na imprensa escrita da cidade.

O Resultado da Categoria Nacional deve ser divulgado nesta segunda-feira (29), no Diário Oficial de Primavera do Leste (Dioprima).