Preso suspeito de matar homem e depositar corpo próxima a ETA de...
Supermoveis



Preso suspeito de matar homem e depositar corpo próxima a ETA de Rondonópolis

Fonte: PJC
SHARE

O assassinato de um homem que teve o corpo depositado às margens da estação de tratamento de esgoto, na cidade de Rondonópolis (212 km ao Sul), foi esclarecido com a prisão do principal suspeito, Leonardo Hítalo Souza Silva, em cumprimento de mandado de prisão temporária (30 dias), neste sábado (03), decretado pela pela morte de Allef da Silva Lopes, 20 anos.

O crime ocorreu no dia 30 de dezembro de 2017, na companhia de uma segunda pessoa, que também teve a prisão decretada, mas não foi encontrada ainda pelos investigadores.

O corpo do jovem foi encontrado em uma trilha, próximo ao Rio Vermelho, com diversos ferimentos a faca e parcialmente coberto com um lençol e um carrinho de mão, sem roda, que estava sobre ele. A vítima foi executada em casa, no seu quarto, no bairro Dona Fiuca, e  depois teve o corpo levado até o local onde foi encontrada.

A vítima morava na casa com outras duas pessoas, que na ocasião do crime não foram encontradas no imóvel. Elas foram posteriormente qualificadas no inquérito policial, tendo sido apontados como autores do homicídio.

Em interrogatório, nesta manhã, os suspeito alegou desentendimento com a vítima e a teria matado em legítima defesa, após ser surpreendido pela vítima na posse de uma faca.

Conforme os policiais, o suspeito passou alguns dias foragido e havia retornado a casa da avó, no bairro Jardim Pindorama, local onde recebeu voz de prisão.