Preso por suspeita de pedofilia, José Delgado é expulso do Partido Democratas
Supermoveis

Fullbanner2


Preso por suspeita de pedofilia, José Delgado é expulso do Partido Democratas

Fonte:
SHARE

José Delgado ocupava o cargo de tesoureiro no DEM

Por: Ailton Lima

Diretoria do DEM
Diretoria do DEM

A Diretoria Executiva do Diretório Municipal do Partido Democratas (DEM), em Rondonópolis, se reunião na manhã desse sábado (27), e decidiu, por unanimidade, pela expulsão do servidor público municipal e tesoureiro do partido, José Delgado, de 57 anos.

Ele foi preso em flagrante delito na tarde da última sexta-feira (26), pela Polícia Militar acusado da prática de pedofilia contra uma menina de apenas 10 anos de idade.

Conforme declarações gravadas em um vídeo disponibilizado à imprensa, pelo presidente municipal do Democratas, Israel Borges, após a prisão em flagrante do membro do partido nesta sexta-feira (26), o diretório se reuniu extraordinariamente, e definiu pela exclusão do integrante.

A expulsão de José Delgado do partido foi cogitada logo após a divulgação do fato pela imprensa, que denunciava o assédio praticado contra a menina de 10 anos, pelo suspeito.

A decisão pela expulsão ocorreu por volta das 9h durante reunião no diretório do partido e logo, foi divulgada pela executiva.

“Reunimos hoje (27) pela manhã e decidimos pela expulsão de José Delgado que ocupava o cargo de tesoureiro. Todos os membros executivos do partido votaram pela expulsão, ” explicou o presidente Israel Borges num vídeo disponibilizado à imprensa.

Para o presidente o partido entendeu como ‘muito grave’ a situação do ex tesoureiro José Delgado, e decidiu pelo seu desligamento sumário do partido.

Entre outros, participaram da decisão, o presidente Israel Borges, o vice, Francisco Santana, o delegado do partido, Carlos Nazário e demais membros com poder de voto.

Mais casos

Denuncia contra Zé DelgadoApós a prisão de José Delgado, pelo menos uma vítima (K.T.), hoje com 37 anos de idade, se manifestou pelas redes sociais, se dizendo vítima dele.

Ainda segundo essa vítima, ela teria sido molestada por José Delgado quando tinha 16 anos, e na época não o denunciou à justiça, por vergonha.

Hoje a vítima tem família constituída, trabalha como cabeleireira, mas não esquece o terror que passou nas mãos do suspeito. “Eu não vou esquecer nunca!… Ele é um mostro!”, desabafa (K.T.)

Como esse caso aconteceu há cerca de 21 anos atrás, tudo indica que o suspeito seja reincidente e venha praticando esse tipo de anomalia há bastante tempo. Agora após a sua prisão, é bem provável que muitas outras vítimas deverão procurar a polícia.

Consta ainda que Jose Delgado também seria investigado por suspeita de envolvimento num caso de homicídio, ocorrido em 2003.

Acesse o link do Vídeo da Expulsão do Zé Delgado https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=G26LW877d98

 

Montreal